Notícia

Esteta

Unicamp abre laboratório de genotipagem para pesquisadores

Publicado em 16 dezembro 2013

A comunidade científica passou a ter, desde o início de dezembro, acesso ao Laboratório Multiusuário de Genotipagem e Sequenciamento (LMGS), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), que possui equipamentos de médio e grande porte.Coordenado por docentes do Instituto de Biologia e do Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética, ambos da Unicamp, a instalação permite o uso de tecnologia avançada em genética e genômica em estudos de diversas áreas da Biologia, com foco especial na biodiversidade, como Botânica, Zoologia e Ecologia."É de máximo interesse o uso dos equipamentos pelo maior número possível de pesquisadores, docentes e estudantes de graduação e pós-graduação", afirmou Anete Pereira de Souza, coordenadora do LMGS.O laboratório oferece pessoal técnico especializado e apoio institucional na cessão de espaço físico.

Os equipamentos foram adquiridos com apoio da FAPESP, por meio de projetos de Auxílios à Pesquisa Regulares e Temáticos, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).O laboratório disponibiliza equipamentos como o Bioruptor (Diagenode), que utiliza ondas ultrassônicas na fragmentação do DNA ou outras amostras biológicas, e o Mass Array System da Sequenom, um espectrômetro de massa utilizado na análise de fragmentos de DNA.O laboratório está localizado no CBMEG, que fica na Avenida Cândido Rondon, 400, na Cidade Universitária, em Campinas.Mais informações sobre agendamento dos equipamentos: www.cbmeg.unicamp.br/node/28

 

Agência FAPESP