Notícia

Jornal da Unesp online

Unesp será sede na América do Sul de centro de física teórica

Publicado em 02 junho 2011

Instituto Sul-Americano de Pesquisa Básica será instalado em São Paulo

No domingo (05/06), a Unesp e o ICTP (Centro Internacional de Física Teórica), centro de pesquisas vinculado à Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), anunciarão a criação de sua primeira sede na América do Sul: o ICTP - Instituto Sul-Americano de Pesquisa Básica. O novo instituto servirá como um centro regional de física teórica na América do Sul e ficará sediado no prédio do Instituto de Física Teórica (IFT), Câmpus de São Paulo.

O anúncio será em um encontro com cerca de três mil físicos do Brasil e do exterior no hotel Rafain Palace, em Foz do Iguaçu (PR). O encontro terá início às 18h, com a presença de Fernando Quevedo e Seif Randjbar-Daemi, respectivamente diretor e vice-diretor da matriz do ICTP - cuja sede mundial fica em Trieste, Itália.

A sede sul-americana, além de um diretor e um vice-diretor, terá cinco pesquisadores permanentes e receberá pós-doutores e visitantes de longa e curta duração. As atividades em São Paulo começarão no início de 2012, com escolas e workshops para estudantes de pós-graduação e pesquisadores.

O comitê diretivo do ICTP na América do Sul será formado por Fernando Quevedo; o vice-reitor no exercício da Reitoria da Unesp, Julio Cezar Durigan; Carlos Henrique de Brito Cruz, diretor científico da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo); Jacob Palis, presidente da Academia Brasileira de Ciências; e Juan Maldacena, físico argentino representante dos demais países da América do Sul.

Parceria

Em novembro de 2010, a Unesp, por meio do Instituto de Física Teórica, assinou acordo de cooperação com o ICTP. Foi a primeira parceria do Centro com uma universidade latino-americana. A partir dessa ação, a Unesco pretende influenciar a criação de outros centros de excelência em pesquisa básica na área de física no continente americano, fora dos EUA e do Canadá.

Os pesquisadores do ICTP na América do Sul realizarão investigações independentes e atuarão na pós-graduação da Unesp, orientando alunos e colaborando em estudos. A contratação desses profissionais será coordenada por um conselho científico formado por dez especialistas de projeção internacional, incluindo representantes regionais. Esse grupo orientará o trabalho do órgão. Os nomes dos seus integrantes serão definidos nos próximos meses.

"O renome do ICTP ajudará a Universidade a atrair os melhores cérebros para o nosso quadro docente e também para as atividades acadêmicas e de pesquisa que vamos iniciar", afirma Rogério Rosenfeld, diretor do IFT.

A política financeira e o orçamento da unidade sul-americana serão administrados por seu comitê diretivo. Na Itália, o ICTP deverá ajudar na busca de fundos para financiamento de pesquisas e outras necessidades, como visitas de especialistas. Além da infraestrutura e dos cinco pesquisadores permanentes, a Unesp providenciará a contratação de uma secretária bilíngue, um técnico em computação e um contador.