Notícia

Cães&Gatos online

Unesp Jaboticabal oferece atendimentos em cuidados paliativos para pets

Publicado em 24 fevereiro 2021

O Hospital Veterinário da Unesp em Jaboticabal passa a oferecer atendimento em cuidados paliativos veterinários destinados para cães e gatos com câncer.

O conceito de cuidados paliativos, originado na medicina humana, está relacionado ao alívio do sofrimento nos casos clínicos sem possibilidade de cura e a aplicação dele na Medicina Veterinária é algo relativamente novo, que serve como alternativa à eutanásia em animais senis ou com doença sem expectativa de cura.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), os cuidados paliativos se referem à assistência promovida por uma equipe multidisciplinar e interdisciplinar que objetiva a melhoria da qualidade de vida do paciente e de seus familiares – no universo veterinário, busca o alívio do sofrimento dos pets e de seus tutores.

“Estudos em humanos avaliaram que a inserção do cuidado paliativo promove melhora da qualidade de vida dos pacientes e maior tempo de vida, submetendo-os a tratamentos menos agressivos no final da vida. Portanto, o cuidado paliativo veterinário será ofertado para animais com câncer desde o diagnóstico de sua doença oncológica, podendo ser iniciado em qualquer etapa do adoecimento do paciente”, afirma a médica-veterinária Beatriz Furlan Paz, que desenvolve projeto de mestrado intitulado “Cuidados Paliativos no Tratamento de Cães e Gatos com Câncer: A Promoção do Alívio de Sintomas e a Perspectiva do Tutor”.

O projeto de Beatriz, que conta com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), está sendo orientado por Andrigo Barboza de Nardi, docente da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV), do câmpus de Jaboticabal e supervisor do Hospital Veterinário. O trabalho é co-orientado pela professora Marília Gabriele Prado Albuquerque Ferreira, doutora pela FCAV-Unesp com ênfase na área de oncologia.

“Esse é um serviço novo que está sendo criado (no hospital veterinário da FCAV), com base na proposta do trabalho de mestrado da Beatriz, que passou pela comissão de ética animal e também pela comissão de ética humana, porque envolve os tutores desses animais. Trata-se de algo inovador. A ideia é proporcionar no hospital, de forma gradativa, cuidados e um tratamento diferenciado para o paciente com câncer”, diz o professor Andrigo de Nardi.

Os tutores interessados no serviço de cuidados paliativos para seus pets deverão solicitar o encaminhamento de seu médico-veterinário ou entrar em contato diretamente com a equipe responsável, por meio do e-mail [email protected], da médica-veterinária Beatriz Paz.