Notícia

Aprendiz

Unesp institui agência de inovação

Publicado em 30 março 2009

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) instituiu na semana passada a Agência Unesp de Inovação, uma reestruturação do Núcleo de Inovação Tecnológica da universidade, que funcionava desde 2007.

O físico José Arana Varela, professor titular do Instituto de Química, câmpus de Araraquara, e vice-presidente da FAPESP, foi nomeado pelo reitor Herman Voorwald como diretor executivo da agência. A vice-diretora é Vanderlan da Silva Bolzani, professora do Instituto de Química e integrante da coordenação do programa Biota-FAPESP.

Ao alterar a designação de Núcleo de Inovação Tecnológica para Agência Unesp de Inovação, o órgão procura se adequar às leis federal e paulista de inovação e às políticas adotadas pelas principais universidades no país. “O objetivo é ampliar as competências, integrando todas as iniciativas da Unesp voltadas à inovação”, afirmou Varela.

“A Agência Unesp de Inovação será um ambiente propício para atrair tanto docentes e pesquisadores como empresas. É importante destacar que não estamos pensando apenas em inovar produtos ou processos, mas em estimular a inovação que tem forte caráter social”, disse à Agência FAPESP.

O diretor executivo explica que a agência aproveitará a capilaridade e o alcance geográfico da Unesp – universidade pública paulista presente no maior número de cidades do estado (23), com mais de 46 mil alunos. “Um dos principais objetivos da agência será proteger o conhecimento e apoiar o desenvolvimento do Estado de São Paulo a partir do desenvolvimento regional, nos polos em que a Unesp está presente”, disse.

Fomento à pesquisa aplicada, observação da política institucional de estímulo e proteção das criações, avaliação da conveniência ou não da proteção intelectual e acompanhamento dos pedidos de propriedade intelectual são as primeiras atribuições do núcleo.

A elas se somam a implantação de um programa de valoração das tecnologias desenvolvidas pela instituição, a promoção do efetivo envolvimento com incubadoras de empresas de base tecnológica – com a criação de uma rede de incubadoras na Unesp – e a busca de uma maior interação com empresas juniores.

“Teremos também uma forte atuação junto ao Sistema Paulista de Parques Tecnológicos. Vamos estabelecer convênios e parcerias com os diversos parques que estão sendo implantados no estado”, disse Varela.

Com a aprovação da mudança estrutural e com novo organograma, a agência passará a trabalhar não mais focada apenas em tecnologias, mas, sobretudo, em torno de ideias.

“Com uma política pragmática e coerente, a transferência de conhecimento será rápida e benéfica para sociedade e para o pesquisador. Com essa orientação deve aumentar, significativamente, o número de patentes depositadas”, disse a professora Vanderlan.

A partir de abril, a Agência Unesp de Inovação passará a funcionar no prédio do Instituto de Física Teórica no campus da Barra Funda da Unesp, na capital paulista.

(Agência FAPESP)