Notícia

Administradores

Unesp emitirá diplomas mais seguros para combater falsificação

Publicado em 30 novembro 2011

Agência Fapesp

Novo modelo de diploma será impresso em papel da Casa da Moeda, no qual constará uma marca dágua com a efígie da república

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) está implantando um novo sistema de registro e emissão de diplomas. Liderado pela Secretaria Geral da universidade, o projeto foi desenvolvido pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), com assessoria da Casa da Moeda do Brasil.

O novo modelo de diploma será impresso em papel da Casa da Moeda, no qual constará uma marca dágua com a efígie da república.

Além disso, o documento contará com itens de segurança contra falsificações, como a tinta com variação óptica para o selo da república e o "talho doce", uma técnica de acuidade gráfica utilizada na impressão de papel-moeda. Ao iluminar o diploma com luz ultravioleta também será possível ler a inscrição da universidade.

O padrão do diploma será único para todos os cursos e unidades e, segundo a secretária-geral da Unesp, Maria Dalva Pagotto, a medida permitirá mais segurança administrativa à universidade.

A realização do projeto durou quatro anos, sendo o investimento para o desenvolvimento do sistema de aproximadamente R$ 500 mil. Foram necessárias a compra das impressoras especiais e a adequação do ambiente para acomodar máquinas e materiais.

De acordo com a Unesp, com a mudança todos os diplomas passarão a ser impressos pela reitoria, cujo atual sistema está integrado a outros controles acadêmicos. Atualmente, cada documento custa à universidade cerca de R$ 20. Com a mudança, estima-se a redução em aproximadamente um quarto do valor original, de acordo com cálculos da secretária-geral.

Os diplomas para os formandos de 2011 já serão expedidos de acordo com o novo modelo.