Notícia

Portal Exame

Unesp e MIT desenvolvem sensor de gás tóxico

Publicado em 05 novembro 2013

Por Elton Alisson, da Agência FAPESP
São Paulo – Pesquisadores do Instituto de Química da Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Araraquara, em parceria com colegas do Departamento de Ciência e Engenharia de Materiais do Massachusetts Institute of Technology (MIT), Estados Unidos, desenvolveram um material à base de óxido de estanho (SnO) com capacidade de detectar dióxido de nitrogênio (NO2) muito maior do que os sensores químicos já usados para identificar esse tipo de gás altamente tóxico, formado nas reações de combustão dos motores dos veículos. [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.