Notícia

Agência C&T (MCTI)

Unesp desenvolve software de certificação

Publicado em 25 junho 2008

O software SignFlow pode ser baixado no site www.codeplex.com/ACNet Imprimir Enviar por e-mail Cientistas da computação da Faculdade de Ciências (FC) da Universidade Estadual Paulista (Unesp), em Bauru (SP), desenvolveram um software de certificação de atributos digitais, o SignFlow, cuja função é oferecer maior segurança em processos e negociações on-line de diferentes naturezas.

O ineditismo da ferramenta, criada em parceria com Serasa e Microsoft, não está apenas em suas características inovadoras, mas também no fato de seu código-fonte estar disponível para download gratuito pela internet, o que permite que ele seja modificado por usuários e empresas de acordo com suas necessidades.

Além de poder ser usado para a realização de transações comerciais que demandam autenticação de assinaturas em documentos eletrônicos, o SignFlow consegue fazer a associação da assinatura digital de um indivíduo a determinado perfil, reunindo informações pessoais como endereço ou profissão.

A aplicação básica do software está na garantia de transferência e autenticidade de qualquer tipo de arquivo digital entre dois endereços eletrônicos, disse Eduardo Martins Morgado, coordenador do Laboratório de Tecnologia de Informação Aplicada (Ltia) da FC, onde o programa foi desenvolvido, à Agência Fapesp.

Para isso, basta ter o software instalado no computador e selecionar os arquivos em que se deseja colocar a assinatura eletrônica. Após inserir uma senha, o software gera versões assinadas dos mesmos documentos selecionados. Esse é um conceito de autenticação digital relativamente novo no Brasil que, aos poucos, vêm sendo adotado por empresas e órgãos de governo, explicou o também professor do Departamento de Computação da Unesp.

O software, que roda em computadores com Windows, funciona em um ambiente virtual que atua como uma espécie de biblioteca de contratos, em que diferentes plataformas abrem várias possibilidades de aplicações, da liberação de um crédito por uma instituição financeira à gestão de funcionários em uma empresa.

Por ter a característica conhecida como ‘atributos digitais, o software consegue reconhecer os direitos que as pessoas têm dentro de um determinado contexto ou negociação. O software pode fazer uma associação com o chip do e-CPF, por exemplo, a versão eletrônica do documento que é vendida pela Serasa e pela Receita Federal. Com isso o perfil do usuário é rapidamente identificado, visando a uma maior segurança nas transações, disse.

Os certificados de atributos digitais se caracterizam pelo reconhecimento da identidade de uma pessoa, física ou jurídica, por meio de algoritmos criptográficos agrupados em arquivos eletrônicos, autorizando ou não a realização de uma operação on-line.

No Brasil, o sistema de certificação digital é regulamentado pela Infra-Estrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP) e o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI) credencia e supervisiona os processos associados às assinaturas digitais em documentos e arquivos de grandes instituições no país que utilizam o sistema. O software SignFlow, que foi criado com base em conceitos de padrões abertos open XML, pode ser baixado em: www.codeplex.com/ACNet. (Agência Fapesp)