Notícia

TV TEM (São José do Rio Preto, SP)

Unesp de Bauru desenvolve sistema inteligente de irrigação

Publicado em 24 julho 2006

Os professores Ivo Fontes, José Ângelo Cagnon e André Andreoli, da Faculdade de Engenharia da Unesp, desenvolveram um sistema de supervisão e controle para ser usado em irrigação agrícola. O conjunto, que pode ser usado no campo ou em estufas, monitora o consumo de eletricidade, água e adubo.
O sistema é composto por sensores que medem a umidade e a temperatura do solo de forma a fazer a irrigação na quantidade programada, sem desperdícios.
É controlado por uma rede de comunicação por radiofreqüência, que permite a monitoração a distância.
Os testes realizados na casa de vegetação da Faculdade de Ciências do campus de Bauru resultaram em economia de 50% no consumo de energia elétrica e de 45% no de água.
O projeto, financiado com recursos da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), foi desenvolvido a partir da constatação de que os sistemas de irrigação atuais usam "receitas" que não levam em consideração o emprego racional dos insumos.
Cagnon diz que o trabalho está concluído e pronto para receber patente e para servir tanto a pequenos quanto a grandes agricultores.
Ainda não existe uma previsão do preço comercial do sistema. Mas seus criadores garantem que o conjunto seria de baixo custo.