Notícia

4oito

Unesc é destaque no Prêmio Confap de Ciência, Tecnologia e Inovação

Publicado em 09 outubro 2021

A partir de uma rigorosa seleção envolvendo instituições relacionadas ao ecossistema científico de Santa Catarina, foram conhecidos os cinco pesquisadores que vão representar o estado na etapa nacional do 1º Prêmio Confap de Ciência, Tecnologia e Inovação/Francisco Romeu Landi, edição 2021. O resultado estadual foi conhecido nesta sexta-feira, dia 8, em uma transmissão on-line e contemplou, entre os campeões, um cientista da Unesc: o professor doutor Felipe Dal Pizzol, do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPGSCol) da Universidade.

A premiação foi conferida pela Fundação de Amparo à Pesquisa de Santa Catarina (Fapesc). Na disputa nacional estarão o professor Felipe Dal Pizzol e seus colegas de outras instituições, representando as categorias destacadas. O prêmio nacional é organizado pelo Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap).

Unesc e a pesquisa com qualidade

“Mais um grande reconhecimento aos nossos pesquisadores, na figura do doutor Felipe, que muito honra toda a atenção que a nossa Universidade comunitária confere à pesquisa com qualidade”, avalia a reitora Luciane Bisognin Ceretta. O professor Felipe foi o destacado em Ciências da Vida, na categoria Pesquisador Destaque. Ele concorreu com os colegas Aleksandro Schafer da Silva, representante da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), segundo colocado, e Roger Walz, pesquisador da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que ficou em terceiro.

O professor Felipe foi destacado, na última semana, no ranking dos pesquisadores mais influentes da América Latina apurado no AD Scientific Index, um sistema internacional de aferição da produção científica. Felipe apareceu em 102º lugar entre os pesquisadores do Brasil e em 138º entre os latino americanos. Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), ele ingressou na Unesc em 2000 e desde então desempenha inúmeras pesquisas. Nos últimos tempos, destacou-se em trabalhos nacionais e internacionais relacionados à Covid-19.

A Unesc teve outro finalista da etapa estadual do Prêmio Confap. Na categoria Pesquisador Inovador, o professor doutor Alexandre Gonçalves Dal Bó, do programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais da Universidade, foi o terceiro colocado entre os cientistas que contribuíram com a Inovação no Setor Empresarial. A categoria foi vencida pelo reitor da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), professor Valdir Cechinel, e contou com o pesquisador Marcelo Maraschin, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em segundo lugar.

“Uma jornada de todos”

Para o presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen, o resultado do Prêmio Cofap consagra a excelência da produção científica catarinense. “Esse momento reflete uma jornada de todos. É apaixonante contribuir para o crescimento da sociedade, e é isso que vocês, pesquisadores, fazem”, elogiou. “E o Estado de Santa Catarina está, cada vez mais, olhando para a ciência”, enalteceu. Holthausen lembrou que a inovação está no escopo da Fapesc há uma década, e grandes progressos foram alcançados desde então.

O presidente do Confap, Odir Dellagostin, lembrou da necessidade de dar ênfase às personalidades que fazem a diferença na ciência no Brasil. “Com esse prêmio nacional, visamos estimular os estados a promover esse reconhecimento, como está fazendo Santa Catarina agora”, pontuou o professor Odir, que também é presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (Fapergs).

Além de cinco categorias para pesquisadores, o Prêmio Confap destaca uma classe especial para jornalistas que apresentam conteúdos que enaltecem a produção científica e aproximam essas informações do público em geral. Esses seis finalistas estarão disputando a premiação nacional em evento na primeira quinzena de dezembro, em data a ser confirmada.

Francisco Romeu Landi, o homenageado com a primeira edição do Prêmio Confap, foi um engenheiro mecânico e eletricista, professor e pesquisador brasileiro falecido em 2003. Ele presidiu a Fundação de Amparo à Pesquisa de São Paulo (Fapesp) e foi um dos criadores do Confap.

Os vencedores da etapa estadual do Prêmio Confap:

Categoria Pesquisador Destaque

1 – Felipe Dal Pizzol (Unesc)

2 – Aleksandro Schafer da Silva (Udesc)

3 – Roger Walz (UFSC)

1 – Aloisio Nelmo Klein (UFSC)

2 – Alejandro Rafael Garcia Ramirez (Univali)

3 – Márcio A. Fiori (UnoChapecó)

Ciências Humanas