Notícia

O Estado de S. Paulo

Um raro guia para a fruição musical

Publicado em 08 março 2020

Por João Marcos Coelho
Em 1914, aos 21 anos, o jovem poeta Mário de Andrade botou seus poemas num envelope e mandou por correio para o então célebre poeta parnasiano Vicente de Carvalho. Numa cartinha, pedia-lhe a opinião sobre seus versos, a maioria sonetos. Jamais recebeu resposta. Tímido, chegou a bater no endereço de Carvalho, para confirmar que o poeta lá morava. Tudo certo. Soube, mais tarde, transformar a decepção juvenil em uma generosidade única: jamais deixou de responder a todos os que [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Estadão.com Central das Notícias