Notícia

Carta Capital

UM PASSO A FRENTE, DOIS PARA TRÁS

Publicado em 19 junho 2002

Por Rodrigo Haidar
APESAR DE O BRASIL POSSUIR um razoável desenvolvimento científico, a produção tecnológica do País caminha a passos de tartaruga. Para tentar solucionar o problema, foram criados, recentemente, os fundos setoriais. O primeiro, o CT-Petro, que financia pesquisas na área de petróleo e gás, nasceu em 1999. Hoje, há mais 13 fundos, vinculados a diversos segmentos industriais. Os recursos vêm de empresas públicas e privadas que atuam numa área específica. Anualmente, por exemplo, uma parte dos recursos das empresas de energia [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.