Notícia

Entrelinhas.com

Ultra na Veterinaria da Unesp

Publicado em 10 junho 2006

Desde 7 de março, Botucatu tem uma Unidade Técnica Regional da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Utra), instalada junto ao Departamento de Higiene Veterinária e Saúde Pública da UNESP, mais precisamente junto ao Soap - Serviço de Orientação à Alimentação Pública.
O Soap é um serviço de assessoria e assistência técnica para produtos alimentares de origem animal, prestado à comunidade e empresas da região, como frigoríficos e laticínios, atendendo também o Hospital da Faculdade de Medicina de Botucatu e o Hospital de Bauru, informou a assessoria de imprensa da Unesp.
Até 2005, em cada capital dos Estados da União existia um delegado federal da agricultura, que respondia pelas atividades do Ministério da Agricultura em cada Estado.
A idéia de se criar a Utra foi baseada na necessidade de descentralizar as ações do Ministério da Agricultura, montando regionais nos pólos principais de cada Estado. Inicialmente, foram criadas nove unidades.
A Utra de Botucatu é a primeira no Estado de São Paulo e primeira também dentro de um campus universitário. Sua instalação aqui se deve a um esforço conjunto dos docentes da Disciplina de Inspeção Sanitária de Alimentos de Origem Animal, ressalta Germano Francisco Biondi, professor adjunto do Departamento de Higiene Veterinária e Saúde Pública da FMVZ.
Esse é um projeto de cunho científico, mas tem uma abrangência muito grande na região. Um dos problemas que serão acompanhados pela Ultra será o da pesca descontrolada em todo Reservatório de Barra Bonita, em Avaré, Bauru, Igaraçu do Tietê, Barra Bonita, Botucatu, Jaú e Anhembi, conta o professor Biondi.
Inicialmente, o prefeito de Anhembi procurou a FMVZ para instalar um entreposto de pesca. Com a instalação da Utra, o projeto veio ao encontro das idéias iniciais do prefeito de Anhembi.
Posteriormente, houve uma reunião com os prefeitos dos demais municípios para a elaboração desse projeto e, após a conclusão do projeto, o mesmo foi enviado à FAPESP, onde aguarda a aprovação final.
A Utra demonstrou interesse em entrar como parceira desse projeto devido à demanda dos municípios da região que se encontram na Bacia do Rio Tietê. Dessa forma, a Utra poderá proporcionar toda a orientação normativa no que diz respeito à extensão das ações de ordem higiênico-sanitária e no controle de qualidade do pescado e da água do Reservatório.