Notícia

A Tribuna (Santos, SP) online

Úlcera e apnéia

Publicado em 21 julho 2005

Por Da reportagem

A pesquisa feita na Unifesp analisou e comprovou a eficácia da acupuntura contra úlceras gástricas e apnéia — interrupções na respiração durante o sono, fazendo com que o doente desperte seguidas vezes, comprometendo o descanso. Nesse caso, metade dos pacientes envolvidos no estudo deixou de apresentar o problema. Na outra metade houve uma redução de 80% nas crises noturnas. O resultado foi semelhante a uma das alternativas existentes hoje contra a apnéia do sono, a CPAP, uma máscara conectada a um pequeno compressor, que mantém constante o fluxo de ar para os pulmões. Mas, por dispensar o uso da máquina, "a acupuntura foi infinitamente superior em termos de qualidade de vida", afirmou Anaflávia Freire uma das autoras do estudo à Agência Fapesp.
Ela atribuiu o resultado à ação da serotonina, associada ao fortalecimento dos músculos da traquéia. Quanto às úlceras gástricas, a pesquisadora Gisele Sugai constatou que com a moxa, o número de lesões no estômago foi quatro vezes menor que o apresentado pelos ratos que não receberam tratamento. Para desfazer dúvidas de que os resultados era efeito apenas do aquecimento, os cientistas da Unifesp repetiram os testes usando duas outras fontes de calor: charuto em brasa e bolsa de água quente. Mas a milenar técnica oriental foi duas vezes mais eficiente que o charuto e três mais que a bolsa.