Notícia

Jornal Cidade (Rio Claro, SP) online

Ufscar recebe ganhador de Prêmio Nobel da Física

Publicado em 13 outubro 2010

Dentre os conferencistas convidados para a Escola está Peter Grünberg, pesquisador alemão que recebeu o Prêmio Nobel de Física em 2007

De 1º a 5 de novembro, São Carlos receberá a Primeira Escola Avançada de Spintrônica e Computação Quântica, evento organizado em parceria entre o Instituto de Física de São Carlos (IFSC/USP) e o Departamento de Física da UFSCar.

O objetivo da Escola - que está entre os sete projetos aprovados na primeira chamada do programa "Escola São Paulo de Ciência Avançada", da Fapesp - é promover a interação entre pós-graduandos e jovens doutores de outros países e, também, regiões brasileiras, com pesquisadores de São Carlos e líderes internacionais nessa área de pesquisa.

Dentre os conferencistas convidados para a Escola está Peter Grünberg, pesquisador alemão que recebeu o Prêmio Nobel de Física em 2007, juntamente com o francês Albert Fert. Grünberg foi agraciado com o Nobel por sua descoberta do fenômeno da magnetorresistência gigante, que revolucionou os setores de informação e comunicação, permitindo aplicações, por exemplo, no aumento significativo da quantidade de informações que podem ser armazenadas nos discos rígidos dos computadores.

A Escola terá, além das conferências, sessões de pôsteres em que os participantes selecionados poderão apresentar e discutir suas pesquisas com os demais estudantes e, principalmente, com os maiores especialistas mundiais na área. Serão selecionados, dentre os inscritos, 50 participantes brasileiros e 50 de outros países.

O programa "Escola São Paulo de Ciência Avançada" fez sua primeira chamada de projetos em outubro de 2009, com o objetivo de fomentar cursos de curta duração em temas avançados de Ciência e Tecnologia. O objetivo é trazer ao Estado de São Paulo jovens estudantes - no final da graduação e pós-graduandos - e pós-doutorandos de outros países e, também, de outras regiões brasileiras, estimulando assim sua interação com estudantes e pesquisadores paulistas.

Com isso, a Fapesp visa atrair talentos para o Estado e, também, dar visibilidade internacional à pesquisa desenvolvida em São Paulo. Além dos sete projetos aprovados na primeira chamada, já estão previstas outras sete Escolas Avançadas, aprovadas em chamada publicada em abril de 2010.

O comitê organizador da Primeira Escola Avançada de Spintrônica é formado por José Carlos Egues, do IFSC, que preside o evento; Adilson J. A. de Oliveira e Yara G. Gobato, da UFSCar; Guilherme M. Sipahi e Esmerindo Bernardes, da USP. O site da Escola é www.spin2010.ifsc.usp.br.