Notícia

Portal Inovação MCT

TWAS anuncia novos membros

Publicado em 29 novembro 2011

Fonte: Agência FAPESP

A Academia de Ciências para o Mundo em Desenvolvimento (TWAS) anunciou os 45 novos membros eleitos para integrar a entidade, dos quais sete são brasileiros. O anúncio foi feito em 23 de novembro, durante a 22ª Reunião Geral da instituição, realizada em Trieste, na Itália.

Entre os novos membros da TWAS estão Carlos Henrique de Brito Cruz, diretor científico da FAPESP, e Glaucius Oliva, presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e coordenador do Centro de Biotecnologia Molecular Estrutural (CEPID/FAPESP) e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Biotecnologia Estrutural e Química Medicinal em Doenças Infecciosas.

Ohara Augusto, professora do Instituto de Química da Universidade de São Paulo e coordenadora do INCT de Processos Redox em Biomedicina, e Edgar Dutra Zanotto, professor da Universidade Federal de São Carlos, também forma eleitos.

Completam a lista de pesquisadores brasileiros entre os novos membros da TWAS: Hilário Alencar da Silva, professor da Universidade Federal de Alagoas; Sérgio Costa Oliveira, professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG); e Thaisa Storchi-Bergmann, professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Os novos membros eleitos tomarão posse em 2012. Fundada em 1983, a TWAS é uma organização internacional autônoma, cuja missão principal é promover a excelência científica para o desenvolvimento sustentável do Sul.

Entre os objetivos da Academia estão reconhecer, apoiar e promover a excelência em pesquisa científica nos países em desenvolvimento e promover a cooperação científica e tecnológica Sul-Sul e Sul-Norte.

A TWAS é presidida atualmente pelo matemático brasileiro Jacob Palis, presidente da Academia Brasileira de Ciências (ABC), e conta com quase mil membros - cientistas internacionalmente renomados, eleitos por seus pares -, dos quais 85% moram e trabalham nos países em desenvolvimento. Também conta com membros associados, que moram e trabalham nos países desenvolvidos.

Mais informações: http://twas.ictp.it.