Notícia

Revista Nacional da Carne

Tudo pronto para a MercoAgro 2006

Publicado em 01 agosto 2006

A maior feira técnica para a indústria da carne neste ano no Brasil atende pelo nome de Feira Internacional de Processamento e Industrialização da Carne, mais conhecida como MercoAgro. Promovida a cada dois anos no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó (SC), a sexta edição da feira está programada para os dias 12 a 15 de setembro. Desde 1996, ano em que foi realizada pela primeira vez, até as estimativas para a edição atual, o evento saltou de 100 para 650 empresas expositoras; de 6 mil para 30 mil visitantes; e os negócios de US$ 50 milhões para US$ 180 milhões. O evento conta ainda com seis pavilhões de exposições — cinco pavilhões mais uma interligação —, 300 stands e cerca de 650 empresas expositoras.

De acordo com o coordenador geral da feira, Vincenzo E Mastrogiacomo, o público aguardado, de 30 mil compradores, é constituído por proprietários, dirigentes, engenheiros e técnicos das indústrias de processamento de alimentos do Brasil e também de outros países do continente, sobretudo do Mercosul. Expositores do mundo todo representam os segmentos de máquinas para o processamento de produtos cárneos, equipamentos de refrigeração, ingredientes, tripas, siste mas de embalagens e demais insumos e serviços para as indústrias frigoríficas. "O sucesso da MercoAgro está novamente assegura do: todos os espaços foram vendidos e existem mais de 40 empre sas na fila de espera, aguardando alguma desistência", diz Mastrogiacomo. A feira é realizada pelo Grupo Dipemar, Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic) e Prefeitura de Chapecó.

Eventos para

6 Seminário Internacional de Industrialização da Carne

Coordenado pelo Senai/Chapecó, em parceria com a Dipemar e a Acic, a sexta edição do Seminário Internacional de Industrialização da Carne abordará as principais tendências nas áreas mercadológica, tecnológica e científica. Serão dois dias de evento, com um total de seis palestras. Uma das novidades em relação à edição anterior fica por conta do local do seminário, agora no auditório do Hotel Bertaso.

Inscrições

Efetuadas por meio do preenchimento da ficha (no site: www.mercoagro.com.br( e encaminhadas para o e-mail: seminariomerc@senai-scind.br

• até.15/08/2006 —    Estudantes R$ 80,00

                                   Profissionais R$ 160,00

• após 15/08/2006 — Estudantes R$ 100,00

                                   Profissionais R$ 200,00

Posteriormente, o participante receberá via e-mail o boleto para pagamento da inscrição, com vencimento conforme sua opção.

Observação estudantes deverão obrigatoriamente apresentar comprovante (carteira de estudante), no momento do credenciamento.

Palestrantes

Nilson Olivo

Administrador de empresas, com pós-graduação; professor universitário por 13 anos; especialista no mercado de carnes, com 26 anos de atuação nas áreas administrativa e comercial, tendo assumido cargos de gerente, diretor e superintendente; Administrador do Ano 2004, título concedido pelo Conselho Regional de Administração de Santa Catarina; autor de sete livros. Há seis anos, é diretor comercial da Divisão de Carnes da Globaltood - Advanced Food Technology, em presa da área de ingredientes para a indústria alimentícia.

Expedito Tadeu Facco Silveira Engenheiro agrônomo pela Esalq/USP, em 1976; mestre de Ciência Aplicada na área de tecnologia de alimentos pela UNSW, Austrália, em 1986; doutor em engenharia de alimentos na área de Tecnologia de Alimentos pela Unicamp, em 1997. Pesquisador Científico VI do Centro de Tecnologia de Carnes do Ital, desde 1986.

Atuações em pesquisa envolvendo respostas fisiológicas aos fatores de estresse dos animais desde sua produção, comercialização e abate; tecnologia de aba te; fatores que afetam a qualidade e quantidade de carne; avaliações instrumentais da qualidade da carne on-line; inovações tecnológicas que garantem a vida-de-prateleira do produto cárneo fresco e industrializado. Assistência tecnológica e treinamento oferecido à indústria de carne. Agraciado pelo governo do Estado pelos serviços prestados à agricultura pau lista em 1991. Consultor ad hoc do CNPq, Embrapa, Fapesp e Puccamp. 50 artigos científicos publicados em revistas científicas e mais de 30 publicações ou resumos publicados em revistas populares. Membro editorial da Revista Científica Meat Science.