Notícia

Valor Econômico online

Três imunizantes nacionais dependem de verbas para testes

Publicado em 05 fevereiro 2021

Por Gabriel Vasconcelos
Cientistas brasileiros desenvolvem um segundo pelotão de vacinas contra a covid-19 com bom potencial de eficácia e entrega ao mercado em 2022. Este é o horizonte de pelo menos 3 dos 16 imunizantes em desenvolvimento no país - dois da Universidade de São Paulo (USP) e um da Fundação Oswaldo Cruz de Minas Gerais. O avanço dos trabalhos, no entanto, depende da liberação de recursos públicos e privados para os testes em humanos, a última e mais cara etapa do [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
O Globo online O Globo O Globo online O Globo Valor Econômico