Notícia

Correio Popular online

Três candidatos disputam reitoria da Unicamp

Publicado em 09 fevereiro 2005

Três candidatos irão disputar a reitoria da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp): o atual vice-reitor José Tadeu Jorge, o professor da Faculdade de Engenharia Me-cânica Antonio Celso Arruda Fonseca e o professor da Faculdade de Engenharia Elétrica Edson Moschim. O trio irá concorrer à sucessão de Carlos Henrique de Brito Cruz, que deixará a universidade um ano antes do término de seu mandato para assumir a diretoria científica da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP).
A consulta à comunidade universitária será realizada em primeiro turno nos dias 16 e 17 de março. Caso nenhum dos candidatos obtenha 50% mais um dos votos, haverá segundo turno nos dias 30 e 31 de março. No próximo dia 14, a Comissão Eleitoral irá se reunir com os candidatos para acertar os mecanismos que a Unicamp colocará à disposição dos candidatos.
O presidente da comissão, Archimedes Perez Filho, informou a Unicamp irá disponibilizar um site com conexão na sua página principal, uma lista eletrônica de discussão para troca de informações entre os candidatos e a comunidade da universidade, duas edições especiais do Jornal da Unicamp para discussão dos programas de gestão dos candidatos.
Com base no resultado da consulta à comunidade universitária, o Conselho Universitário (Consu) irá elaborar a lista tríplice para encaminhar ao governador, que então escolherá quem irá comandar a Unicamp por um período de quatro anos.

Estatuto
Na consulta, a ponderação dos votos de cada categoria acontece de acordo com o que prevê o Estatuto da Universidade, obedecendo a seguinte proporcionalidade: 3/5 para os votos dos docentes, 1/5 para os votos dos funcionários e 1/5 para os votos dos alunos.
Procurado ontem, o professor Edson Moschim, do Departamento de Semicondutores, Instrumentos e Fotônica, não foi localizado.
Já o candidato Celso Arruda, que se candidata à reitoria pela quarta vez (em 2002 ele foi candidato a vice, na chapa do professor Roberto Romano), disse que entra na disputa como uma espécie de anticandidato, mas não como oposição a atual direção da Unicamp. "A universidade tem que ter mais de uma visão", afirmou, dizendo que seu programa para a Unicamp é basicamente aquele apresentado por Romano em 2002, com algumas modificações. Ele defende, entre vários pontos, a volta da figura do professor convidado, que foi substituída pela figura do professor colaborador, de forma que professores aposentados possam ter maior participação na Unicamp.

Sintonia
José Tadeu Jorge, que é docente na Faculdade de Engenharia Agrícola e concorre pela segunda vez à reitoria da Unicamp, defende a importância de colocar todas as atividades em sintonia para fazer ensino com formação de recursos humanos com mais qualidade ainda. Ele também propõe, entre outros pontos, a rediscussão dos currículos dos cursos para que a formação dos alunos esteja sintonizada com a sociedade.

Os participantes

José Tadeu Jorge
Atual vice-reitor, é professor titular na Faculdade de Engenharia Agrícola. Graduou-se em Engenharia de Alimentos na Unicamp (1975), onde também realizou mestrado em Tecnologia de Alimentos (1977) e doutorado em Ciências de Alimentos (1981), concentrando suas pesquisas na área de tecnologia pós-colheita, na qual estuda produtos minimamente processados, armazenamento de produtos agrícolas e propriedades físicas de materiais biológicos. Titulou-se professor livre-docente em 1992, professor adjunto em 1995 e professor titular em 1996. Foi diretor da Feagri de 1987 a 1991, diretor-executivo da Funcamp de 1990 a 1992, chefe de gabinete da Reitoria de 1992 a 94, pró-reitor de Desenvolvimento Universitário de 1994 a 98. De 1999 a 2002, foi diretor da Feagri, cargo que deixou ao assumir a Coordenadoria Geral da Universidade.

Edson Moschim
Professor titular da Faculdade de Engenharia Elétrica, chefe do Departamento de Semicondutores, Instrumentos e Fotônica. Moschim não foi localizado ontem para fornecer detalhes de seu programa e currículo.

Antônio Celso Arruda
Formou-se em Engenharia Mecânica em 1972, mestre em 1975 e doutor em 1978 pela Faculdade de Engenharia de Campinas da Unicamp. Professor titular da Faculdade de Engenharia Mecânica da universidade, orientou 14 teses de mestrado e 14 de doutorado. Publicou em parceria com alunos e colaboradores mais de duas centenas de artigos científicos em revistas e periódicos internacionais. Diretor da Faculdade de Engenharia de Campinas gestão 1986 — 1990 e da Faculdade de Engenharia Mecânica, gestão 1998 — 2002. Pesquisador nível I do CNPq recebeu o Prêmio "Zeferino Vaz" de produtividade acadêmica em 2000. Líder de pesquisa na Unicamp em Biomateriais, junto ao CNPq. Coordenador do Projeto Impacto que trata de pára-choques traseiros de caminhões, projeto vencedor do Prêmio Volvo 2002. Prêmio de Incentivo em Ciência e Tecnologia para o SUS — 2002. Coordena o Projeto Vida Longa, sobre reciclagem de caixas de leite longa vida. Coordena o projeto Criança & Segurança, que estuda os dispositivos de retenção para crianças em automóveis. É conferencista em temas ligados ao Estímulo da Reciclagem de Materiais em Indústrias e em Proteção de Adultos e Crianças em Veículos Automotores.