Notícia

Portal Exame

Treino de curta duração melhora destreza manual de bebês

Publicado em 18 março 2014

Por Karina Toledo e Fernando Cunha, da Agência FAPESP
São Paulo Um protocolo de treino simples e de curta duração criado na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) pode ajudar a desenvolver em bebês típicos e atípicos, de 3 a 5 meses de idade, a habilidade de alcançar (estender o braço até a mão tocar um objeto), podendo ou não apreendê-lo. De acordo com as pesquisadoras, esse tipo de intervenção pode prevenir problemas no desenvolvimento motor e cognitivo de crianças prematuras, com síndrome de Down, paralisia cerebral e mielomeningocele (espinha bífida). O alcance manual [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.