Notícia

Folha.com

Treinador é coisa de branco

Publicado em 30 maio 2010

Por José Paulo Florenzano
O futebol tem sido exaltado ao longo do tempo como o reino da democracia racial no Brasil e espaço de afirmação de afrodescendentes como Domingos da Guia, Leônidas da Silva e Djalma Santos. Todavia, em profundo contraste com o êxito obtido nos gramados, no momento em que esses atletas se lançaram na carreira de treinador, colheram apenas insucessos. Em meados dos anos 1940, Domingos da Guia ainda se mostrava capaz de atuações magistrais. A "Gazeta Esportiva" o considerara "soberbo" no prélio entre Brasil e Argentina disputado no [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.