Notícia

Estadão.com

Transparência que renasce

Publicado em 15 maio 2011

Por Maria Eugênia de Menezes
Em um Morumbi quase desabitado, ela chamava atenção. Foi o povo que morava nos sítios e chácaras das cercanias que começou a chamar de "Casa de Vidro" a residência que Lina Bo Bardi construiu, no alto de um morro. Hoje, em meio a centenas de árvores, ela passa quase despercebida para quem anda pelo bairro. Durante alguns anos, esteve interditada. Não faz muito tempo, os jornais alardeavam seu estado crítico. Mas, aos poucos, a velha construção ressurge. "Ainda faltam o paisagismo, a impermeabilização da laje e o sistema [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.