Notícia

Jornal da Unesp

Toda a memória de São Paulo - Obra enfeixa estudos sobre o desenvolvimento do Estado.

Publicado em 01 março 2000

O Estado de São Paulo, devido à sua importância econômica e social, vem ganhando, desde os anos 1950, uma série de estudos históricos. Faltava, no entanto, um debate qualitativo mais profundo sobre essa produção historiográfica. Foi o que aconteceu durante a realização do XIII Encontro Regional da Associação Nacional de História (Anpuh), núcleo de São Paulo, realizado, em 1996, na Faculdade de Ciências e Letras (FCL) da UNESP, câmpus de Assis. Os textos apresentados na ocasião ganham agora a forma de livro, intitulado Encontros com a História: percursos históricos e historiográficos de São Paulo (Editora UNESP, Fapesp e Anpuh; 248 páginas; R$ 20,00). "O livro preenche importante lacuna nos estudos sobre o Estado de São Paulo", diz Antonio Celso Ferreira, da FCL, um dos organizadores da obra, ao lado de Tânia Regina de Luca, também da FCL, e Zilda Grícoli lokoi, da USP. O volume reúne estudos sobre pesquisas com escravos, índios e mamelucos, alem de se debruçar sobre o Modernismo, os álbuns fotográficos produzidos nos anos 1950, os grupos de teatro Arena e Oficina, o cinema da chamada "Boca do Lixo" e os contos de João Antonio. "A qualidade dos trabalhos reunidos torna este livro muito proveitoso para pesquisadores da História do Estado e leitores em geral", diz Tânia.