Notícia

O Imparcial (Presidente Prudente, SP)

Thiago Freire Lima - cirurgião buco-maxilo facial e implantadontista

Publicado em 07 fevereiro 2021

Por Da Redação

“Me encantei quando vi que poderia fazer a diferença na vida das pessoas”

Mestre em Ciências da Reabilitação – USP/HRAC, o Cirurgião Buco Maxilo Facial e Implantodontista Thiago Freire Lima é formado na Faculdade de Odontologia de Bauru da Universidade de São Paulo (FOB/USP) em 2010 e atende em Presidente Prudente e Presidente Epitácio. Entusiasta das cirurgias ortognáticas, diz que traz o equilíbrio facial e recupera a autoestima dos pacientes, entre outros benefícios.

Por que optou pela odontologia?
Desde pequeno eu frequentava a faculdade de odontologia com meus pais que fizeram a graduação quando eu tinha 3 anos de idade, e me encantava com as atividades.

Como foi a fase acadêmica?
Desde a graduação tive algumas oportunidades como Bolsa de Iniciação Científica da Fapesp, e fomento da USP para apresentar nossos trabalhos em vários congressos, inclusive em Barcelona no último ano da graduação.

Como foram suas especializações?
Logo que me formei comecei a trabalhar em diversas clínicas em Bauru, e atendia aos finais de semana aqui em Prudente e em Epitácio. Iniciei um trabalho Voluntário em Cirurgia Buco-Maxilo-Facial no Instituo Branemark (IB) em Bauru, instituto fundado pelo Prof. P-I Branemark, sueco criador dos Implantes Osseointegrados. Iniciei em seguida a Residência de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial (CTBMF 2011-2014) chancelada pela USC, que compreendia os serviços de CTBMF da Beneficência Portuguesa de Bauru, Hospital Estadual de Bauru, Santa Casa da Jaú, Santa Casa de Agudos, Ambulatórios da USC e Instituto Branemark. Onde atualmente atuo como preceptor da residência de CTBMF do Instuto Branemark, local o qual também realizei Especialização de Implantodontia (2012/2014). No final dessa jornada iniciei o curso de Mestrado em Ciências da Reabilitação no Hospital de Reabilitação em Anomalias Craniofaciais (HRAC/USP), mais conhecido como “Centrinho”, o qual tive a grata oportunidade de ser agraciado com Bolsa de Mestrado da Fapesp, e Bolsa de Ensino e Pesquisa no Exterior, onde realizei uma parte do Mestrado nos USA, na University of North Carolina em Chapel Hill – NC, onde morei por 6 meses.

“A estética de uma face
mais equilibrada é o reflexo
do melhor posicionamento
esquelético atingido com a
cirurgia ortognática”

O que é um Cirurgião Buco Maxilo Facial?
A Cirurgia Buco-Maxilo-Facial é uma especialidade odontológica e sua área de atuação compreende desde a parte Hospitalar com os traumas e fraturas dos ossos da face, patologias e tumores dos maxilares, alterações congênitas de crescimento facial, doenças da Articulação Têmporo Mandibular (ATM), infecções faciais, e também outras atividades clínica/ambulatoriais como exodontia de dentes do retidos (sisos e supra-numerários), enxertos, Implantes, e cirurgias eletivas como a Cirurgia Ortognática.

Como se deu sua escolha pela área de cirurgia buxomaxilofacial?
Me encantei quando vi que poderia fazer a diferença na vida das pessoas quando realizei estágio no IB e no Centrinho, e quis me aprofundar e dedicar nessa área que não temos quase conhecimento durante a graduação, é uma nova Faculdade - no mínimo mais 3 anos de formação complementar, com atuação hospitalar e ambulatorial.

O que é a cirurgia ortognática?
Este procedimento é indicado para quem possui uma Deformidade Dento-Facial-Esquelética, significa que existe uma discrepância no complexo dento facial, que já não depende apenas da movimentação dentária, onde apenas a Ortodontia é capaz de corrigir o problema. Assim a Cirurgia Ortognática faz o papel de reposicionar o conjunto Dento-Esquelético, corrigindo a discrepância e levando de brinde um melhor aspecto facial. Antigamente só era realizada para pacientes Prognatas ou Padrão III, aqueles com a mandíbula pronunciada, onde apenas corrigia-se o problema recuando-se a mandíbula. A precisão e as tecnologias, e os materiais evoluíram bastante, e com isso o benefício deste procedimento para pacientes, com Face Longa, Face Curta, Padrão II (retrognatas). Cada tipo facial tem algumas características morfo/fisiológicas envolvidas fato que foi tema de nosso estudo de mestrado nos USA, e as funções mais simples do dia-a-dia como mastigação, fonação, respiração prejudicada ou respiração oral de suplência, e deglutição que estão em colapso pela deformidade dento-facial-esquelética.

Como ela melhora significativamente a qualidade de vida e a autoestima das pessoas?
Na minha avaliação clínica, partimos de uma análise facial criteriosa, depois investigação da parte fisiológica principalmente respiração e mastigação, e por fim, verificamos a Oclusão, que é o encaixa da maxila com a mandíbula. Assim buscamos o benefício funcional para nossos pacientes, consequentemente uma estética de uma face mais equilibrada, que é reflexo do melhor posicionamento esquelético atingido com a Cirurgia Ortognática. Hoje operamos muitos pacientes, que tiveram sua deformidade tratada no passado de maneira compensatória, e que com o avançar da idade, muitas vezes possuem piora na questão respiratória como por exemplo, com a obesidade, e diminuição do tônus muscular, desenvolvem a Síndrome de Apnéia e Hipopnéia Obstrutiva do Sono (SAHOS), muito comum em pacientes retrognatas e respiradores bucais. Assim a cirurgia ortognática além da autoestima, equilíbrio facial gera benefícios que nenhum outro tratamento compensatório proporciona.

Como tem sido sua atuação?
Minha rotina é bastante intensa e diversificada com consultório particular em Prudente e Epitácio, hospital e docência. Atuo nos Hospitais da nossa região, principalmente Sta Casa de Presidente Prudente e Hospital Regional do Câncer de Presidente Prudente, mas também prestamos atendimentos no Iamada e Nossa Senhora das Graças. Como docente sou coordenador do Curso de Especialização de Implantodontia da TOKAPE, aqui em Prudente – onde temos duas turmas em andamento. E internacionalmente coordeno a parte de cirurgia da Maestria de Reabilitación Oral e Implantes da PUCMM na Republica Dominicana. Até  antes da Pandemia viajava todos os meses para os Estados Unidos e de lá para República Dominicana, mas agora as aulas tem sido on-line. Esporadicamente atuo junto de minha equipe operando em São Paulo, Bauru, Campo Grande e Chapecó.

Conte a respeito da evolução tecnológica que você trouxe para o seu campo de atuação.
Desde que voltei dos USA, onde conclui meu mestrado venho trazendo para nossos pacientes maior interação no planejamento cirúrgico de seus casos, desde Implantes como de Cirurgia Ortognática e atualmente nas reconstruções desafiadoras do Hospital do Cancer e na Santa Casa. Hoje possuímos fluxo digital na clínica, com Scanner intraoral da SIRONA,  impressoras 3D e sistema de fresagem de prótese junto a nossa equipe de Bauru. Assim podemos trazer muito mais eficiência, precisão e agilidade nos tratamentos.

Como funciona essa Cirurgia Virtual?
É muito interessante poder fazer, desfazer, refazer a cirurgia do paciente no ambiente virtual antes de realizar o procedimento, seja esta de implante ou ortognática. Assim, podemos testar as diversas técnicas, formatos de próteses, posicionamento das osteotomias e fixações, dando muito mais previsibilidade e confiança para o ato cirúrgico e para opaciente, tornando o procedimento muito mais rápido e menos invasivo. O mais bacana é que o paciente participa do planejamento da Cirurgia da sua Face,  assim compartilhamos nossas análises, técnicas e procedimentos indicados para o seu caso, e refinamos o planejamento direcionado com a sua queixa e expectativa do Paciente, claro que, dentro da possibilidade de cada caso, assim para um diagnóstico e resultado mais assertivo.

O que você pode dizer sobre a cirurgia para reconstrução de mandíbula de um paciente que você fez no HRCPP?
O tratamento da reabilitação e reconstrução de pacientes com sequelas oriundas do câncer de face é um grande desafio, ainda mais quando já foram submetidos a radioterapias. Então todos os artifícios que nos trazem mais previsibilidade e menor invasividade devem ser utilizados. Algo que já é nossa rotina na clínica privada, e conseguimos implementar também no SUS no HRCPP.

“Ninguém acorda
de manhã com vontade
de fazer uma cirurgia
na boca ou na face”

Como são os implantes sem cortes, as cirurgias guiadas?
Eu brinco com meus alunos que ninguém acorda pela manhã com vontade de fazer uma cirurgia na boca ou na face. Então, temos que nos dedicar para fazer com que nossas intervenções sejam cada vez menos invasivas e mais confortáveis para nossos pacientes. Com o avanço nos exames de Tomografias Cone-Beam ou odontológica, e os Scanners Intrabucais, conseguimos fazer todo o planejamento cirúrgico, definir o posicionamento do implante antes mesmo da cirurgia e materializamos essas informações com a impressão 3D do guia cirúrgico. Isso nos permite, em muitos casos fazermos a cirurgia sem cortes ou então com incisões muito menores, com menos morbidade, maior conforto e segurança para nossos pacientes.

E a experiência de dar aulas na República Dominicana?
Hoje já são 3 anos e meio, de uma experiência de vida incrível, e também por estar em uma universidade de nome como a PUCMM – Pontificia Universidad Catolica Madre y Maestra, em Santiago de Los Cabaleros (Rep. Dom.), “esperamos regressar pronto! ”.

Quais os principais eventos internacionais que você participou?
Minhas jornadas em Gotemburgo na Suécia em 2012 e 2014 ficarão para sempre marcadas, por ter tido a oportunidade de vivenciar a rotina do velho mundo, onde tudo começou no mundo da Implantodontia, que é o Branemark Osseointegration Center (BOC) e  a Universidade de Gotemburgo. Foram períodos incríveis e inesquecíveis,  principalmente por estar nesses períodos em contato com o Prof. P-I Branemark, “ não é sempre que jantamos na casa de alguém 2 vezes indicado ao Prêmio Nobel – disse Thiago”. Fora isso, já estive em mais de 10 países em congressos e eventos científicos, no último ano no México, Rep. Dominicana, USA, e iria lecionar em Paris na França em Setembro, porém devido a pandemia o evento fora adiado.

Como é sua participação no ITI - International Team for Implantology - organização Suíça mais respeitada na área de Implantodontia?
Desde 2014 sou membro do ITI, mas em 2017 quando estive no Texas, surgiu a oportunidade de levar a Filosofia do ITI para nosso Curso na Rep Dominicana. E de lá para cá, conseguimos demonstrar nosso trabalho, e foram surgindo convites para muitos eventos, e com isso a oportunidade de trazer o ITI para o Oeste Paulista. No Ano passado fundamos o ITI - Study Club – Presidente Prudente, que faz parte desta organização suíça, realizamos ao menos 4 eventos científicos com grandes nomes no campo da Implandontia e Reabilitação oral, aqui na nossa cidade. Nossos membros podem frequentar qualquer Study Club do mundo, assim fica o meu convite para os interessados que são bem-vindos, e podem me procurar via redes sociais para se juntar ao grupo de estudos. QR CODE para meu insta: @dr_thiago_freire_lima

Algum outro evento cientifico importante com sua participação?
Destaco a minha atuação no IN 2019, que é o Latin America Osseointegration Congress, realizado no Anhembi em São Paulo, que é o maior congresso de Implantodontia na América Latina, realizado a cada 2 anos, onde tivemos a grata satisfação e honra em poder estar na grade principal deste evento gigante. Realmente emocionante, pois estive como estagiário do Instituto Branemark em 2011, e voltar quase 10 anos depois como palestrante ao lado daqueles ídolos que pareciam tão distantes, foi uma grande conquista!

______________

DR. THIAGO FREIRE LIMA        
* Professor e Palestrante Internacional
* Mestre - "Centrinho" - Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/USP)
* Parte do Mestrado nos USA - Mestrado Sanduíche - (University of North Carolina - Chapel Hill, USA)
* Cirurgião Buco-Maxilo-Facial
* Especialista em Implantes - P-I Branemark Institute
* Graduação FOB/USP
* ITI member * ITI Study Club Director ∴
* Dr. Thiago Freire Lima atua na parte de cirurgia oral e buco maxilo facial, com ênfase em Cirurgia Ortognática, Cirurgia de Implantes Dentários, Exodontia de dentes retidos e impactados, dentes supre-numerários, cistos e tumores, reconstruções faciais, enxertos ósseos, fissuras labiopalatinas, bichectomia, dentre outros procedimentos inúmeros inerentes a sua área de atuação.

Curriculum Lattes
http://lattes.cnpq.br/7951208504746323
Avenida Washington Luiz, 2536 (7º andar)
Presidente Prudente – SP
+55 18 3222-8870
Rua Maceio 9-10 Presidente Epitácio
http://www.thiagofreirelima.com

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
O Imparcial (Presidente Prudente, SP) online