Notícia

Folha.com

Testes rápidos de farmácia para coronavírus aprovados pela Anvisa confundem e colocam população em risco

Publicado em 29 abril 2020

Por Sabine Righetti, Flavio Emery e Natalia Pasternak
A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou nesta terça (28) uma proposta que autoriza a aplicação de testes rápidos em farmácias e drogarias para detectar infecção pelo novo coronavírus. O problema é que esses estabelecimentos não estão capacitadas para realizar esses exames. E, pior: esses testes podem ter alta porcentagem de falso negativo, o que coloca toda a população em risco. Os exames [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Folha de S. Paulo