Notícia

Diário do Poder

Testes genéticos ajudam a diagnosticar problemas relacionados à saúde oral

Publicado em 29 dezembro 2018

A Scheme Lab, startup de biotecnologia apoiada pelo Programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE) da FAPESP e hospedada na Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de São Paulo USP/Ipen-Cietec, criou uma solução que auxilia os agentes de saúde, dentistas e a população em geral, na prevenção de doenças dentais. O projeto faz parte do desafio da Johnson & Johnson Innovation, o Latin America Challenge 2018 (Para mais informações sobre a empresa acesse pesquisaparainovacao.fapesp.br/347. Por meio de testes do tipo point-of-care – que utiliza dispositivo portátil, que não depende de laboratório –, a solução da Scheme Lab identifica a presença de organismos por meio da diferença no DNA, em um único método, segundo informações do Cietec. A mesma tecnologia pode ser utilizada para auxiliar no combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue e da febre amarela. O teste possibilita indicar os bairros e cidades que possuem mosquitos resistentes a inseticida, por meio da identificação de alterações no DNA que tornam o mosquito resistente. “Possuímos 20 anos de experiência no fomento da inovação, ajudando a fortalecer e a consolidar projetos que tenham o intuito de gerar negócios de impacto na sociedade. A solução da Scheme Lab é importante para a sociedade, pois auxilia na prevenção e redução de diversos tipos de doenças. Isso mostra que estamos no caminho certo”, afirmou Sergio Risola, diretor executivo do Cietec.

 

Fonte: FAPESP / Pesquisa para Inovação Notícia publicada originalmente em www.brasilcti.com.br/tecnologia/testes-geneticos-ajudam-a-diagnosticar-problemas-relacionados-a-saude-oral/