Notícia

O Dia (RJ) online

Terra sofre influências de sons solares, diz estudo

Publicado em 20 agosto 2007

EUA - A missão Ulisses, uma parceria entre as agências espaciais Européia (ESA) e americana (Nasa), confirmou que sons produzidos no interior do Sol provocam vibrações na Terra, a cerca de 150 milhões de km de distância. Segundo os cientistas, atmosfera, campo magnético e demais sistemas terrestres acompanham a "batida" produzida pelo astro.

Os dados obtidos pelos pesquisadores mostraram que tons distintos e isolados, gerados por ondas de pressão ou gravitacionais no Sol, conseguem chegar até a Terra. No ambiente terrestre, os sons foram identificados no campo magnético, na atmosfera, em voltagens induzidas em cabos oceânicos utilizados para comunicação e em diversos sistemas terrestres.

O estudo, liderado por David Thomson e Louis Lanzerotti, deve abrir caminho para que ondas sonoras sejam usadas para estudar o interior do Sol, assim como os sismologistas fazem com o interior da Terra. Os sons solares não são perceptíveis ao ouvido humano, ocupando uma faixa entre 100 e 5 mil microHertz (o ouvido humano é sensível a sons entre 20 e 20 mil Hertz).

A Ulisses foi lançada em 6 de outubro de 1990 com o objetivo de alcançar altas latitudes solares. Em 1994, sobrevoou o pólo sul solar. No ano seguinte, o pólo norte, completando a primeira órbita da missão. Esta é a terceira órbita da Ulisses pelo Sol, segundo a Agência Fapesp.

As informações são do Terra