Notícia

Jornal da Cidade (Bauru, SP) online

Tempo está sendo freado em um segundo por ano

Publicado em 16 janeiro 2006

Por Rita de Cássia Cornélio
A vida contemporânea tem tantos apelos que muita gente tem a impressão que o tempo está passando mais rápido. A sensação de que horas, dias, meses e ano voam sem que elas consigam fazer tudo o que estava programado em sua agenda pessoal é uma realidade. Falta tempo para encontrar os amigos, para ler um bom livro e até para observar que perdemos um segundo por ano.
Quem tem essa sensação está completamente certo, pois segundo dados da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) o planeta está sendo 'freado' o que motivou uma pequena mudança na hora oficial brasileira no último dia do ano passado.
A mudança no relógio provavelmente não mereceu nem uma observação dos mais apressados que não perdem tempo com coisas do tipo. Mas, por volta das 22h (hora de Brasília) do dia 31 de dezembro, os relógios de césio mantidos pela Divisão do Serviço da Hora do Observatório Nacional foram atrasados em um segundo.
O motivo foi corrigir no Tempo Universal Coordenado (UTC) a base para a hora legal em todo o mundo, em função de pequenas variações na velocidade de rotação da Terra. Em 31 de dezembro de 98, o reajuste também foi feito e com a mesma intenção.
De acordo com a FAPESP, em 1972 ficou decidido na 14ª Conferência Geral de Pesos e Medidas, que o Tempo Universal Coordenado deveria basear-se no Tempo Atômico Internacional (TAI), um sistema extremamente preciso de medição, resultado da média obtida por 300 relógios atômicos em 50 laboratórios no mundo.
A decisão sobre a melhor época do ano para se fazer as correções no UTC é tomada em conjunto pelo Serviço Internacional de Rotação da Terra e pelo Bureau Internacional de Pesos e Medidas. Vale lembrar que as correções são sempre de segundo inteiro.
Portanto, para aqueles que acham que em um segundo não dá para fazer muita coisa, é preciso lembrar que desde 72, já perdemos 32 segundos. Tempo suficiente para tomar tranqüilamente um copo de água grande e que significa a diferença acumulada entre o Tempo Atômico Internacional e o Tempo Universal Coordenado.

Rotação terrestre
Segundo a FAPESP, as variações na velocidade de rotação terrestre derivam de fatores como efeitos gravitacionais do Sol, Lua e dos outros planetas do Sistema Solar, além de deslocamentos de massa em diferentes partes da Terra.

Fala-povo
A auxiliar de limpeza Maria Elza Duarte acredita que o tempo está sendo alterado porque 2005 para ela voou
O comerciante Paulo Roberto Fernandes não sentiu diferença do dia 31 de dezembro até ontem
Para o mecânico de bicicletas, Cristiano Aparecido da Silva, o tempo passa mais rápido para quem tem mais deveres e demora mais para quem não trabalha
Para o vendedor ambulante Marco de Souza, o dia passa muito rápido