Notícia

Estadão.com

Temer rifa a Amazônia em nome de um progresso insustentável

Publicado em 24 agosto 2017

Por Maria Fernanda Ribeiro
Extinção da Reserva Nacional de Cobre e Associados (Renca), entre os estados do Amapá e Pará, redução da floresta do Jamanxim, no Pará, retrocessos aos direitos dos povos indígenas, conflitos territoriais sem precedentes. O presidente Michel Temer não mede esforços para entrar para a história como o dirigente que vilipendiou a Amazônia para ceder às pressões dos ruralistas em troca de apoio unicamente para se manter no poder. Em sua canetada mais recente, o inquilino do Palácio do Planalto extinguiu a Reserva Nacional de Cobre [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.