Notícia

Meio Filtrante online

Tecnologias inovadoras para as áreas de Meio Ambiente e Sustentabilidade são apresentadas na Expocietec 2018

Publicado em 13 novembro 2018

Com o intuito de alcançar relevância estratégica e garantir participação de mercado, as startups brasileiras de base tecnológica voltaram-se nos últimos anos para o desenvolvimento de soluções sustentáveis dinâmicas que pudessem atender uma indústria que se move rapidamente, e que precisam se adaptar à escassez de recursos naturais. Algumas dessas principais inovações tecnológicas criadas da parceria entre Governo-Universidade-Empresa serão apresentadas na III Expocietec - Exposição e Conferência de Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia, que acontece entre os dias 27 e 28 de novembro, no Espaço Investe São Paulo, em São Paulo (SP).

Promovido pelo Cietec, entidade gestora da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de São Paulo USP/IPEN, com o apoio da FAPESP, CAPES e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, o evento promoverá trocas de experiências e a geração de novos negócios, reunindo todo o ecossistema de inovação brasileiro como investidores, pesquisadores, corporações e academia, além de contar com a presença de autoridades governamentais.

“Nos últimos dez anos, as empresas deixaram de perceber a relação com o meio ambiente apenas como uma boa prática e passaram a vê-la como um modo estratégico de adaptação à escassez de recursos naturais e isso aumentou a demanda por inovação na chamada Economia Verde”, explica Sergio Risola, diretor-executivo do Cietec.

A III Expocietec destacará ainda novidades de setores como, Indústria 4.0, Medicina e Saúde, Tecnologia da Informação e Biotecnologia, visando aproximar o ecossistema de inovação a investidores, governo, pesquisadores, corporações e academia, bem como, mostrar tecnologias inéditas em desenvolvimento na Incubadora, instalada no campus do IPEN, na Cidade Universitária, em São Paulo.

Confira as inovações projetadas para as áreas de meio ambiente e sustentabilidade que serão apresentadas no evento:

• GLR Tech

Mecanismo para consumo sustentável do diesel

A GLR Tech, startup da Incubadora USP/IPEN-Cietec, traz ao mercado um sistema de geração de energia que reduz poluentes, gera energia renovável e combustível sustentável. Os gases de escape, após a combustão, passam pelo tubo exaustor sem aproveitamento. Para diminuir esse impacto ambiental, a GLR Tech entendeu o desperdício ocorrido durante o processo e desenvolveu uma turbina capaz de gerar energia, por meio de motores a combustão interna, para solucionar o problema.

Considerada uma clean tech, ou seja, uma empresa prestadora de serviços que visa modificar as atuais fontes de energias pelas mais sustentáveis, a GLR Tech inovou o ecossistema de startups do Brasil com um sistema autossuficiente apto para resolver dois grandes desafios ambientais, a eficiência energética e a redução de poluentes, a partir do consumo de diesel de maneira sustentável.

• Itatijuca Biotech

Tecnologias para reduzir o impacto dos resíduos da Agroindústria

A Itatijuca Biotech, startup da Incubadora USP/IPEN-Cietec, apresenta suas tecnologias para redução do impacto das atividades de mineração ao meio ambiente, no Expocietec 2018. As principais soluções sustentáveis, como o Eurus Fert e o BioLix, foram desenvolvidas para dar maior produtividade aos processos agroindustriais, por um custo mais baixo, devido ao uso da biotecnologia e de tecnologias verdes.

Eurus Fert é um fertilizante orgânico que promove o crescimento, direcionado aos produtores de milho, soja, feijão, hortaliças, cebola, batata e culturas hidropônicas em geral. Já o BioLix utiliza micro-organismos para recuperação de metais de minérios, resíduos e lixo eletrônico. É direcionado às empresas de mineração de cobre, níquel, cobalto, ouro e urânio. Ambas as tecnologias visam reduzir o impacto ambiental dos resíduos gerados pelos processos de mineração, por meio da redução do uso de fertilizantes.

• Bioativos

Primeira biorrefinaria holística da América Latina

A Nova Bioeconomia une a tecnologia aos recursos biológicos renováveis para melhorar a qualidade de vida e do meio ambiente. Por meio dela, a Bioativos Naturais, startup da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica USP/IPEN – CIETEC, oferece insumos naturais verdes de matérias-primas renováveis para a indústria alimentícia, indústria farmacêutica com os nutracêuticos, de cosméticos e química fina.

Com o seu processo inovador de biorrefinaria holística, a startup consegue obter ingredientes naturais de biomassa renováveis e transformá-los em outras matérias-primas de uso industrial sem devolver insumos ao meio ambiente, gerando um aproveitamento integral das mesmas.

• Brasil Ozônio

Startup substitui cloro por ozônio para descontaminação e desodorização de gases industriais

A Brasil Ozônio, startup da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica USP/IPEN–CIETEC, usa um pequeno equipamento modular para gerar um Ozônio de alta concentração e 100% ambientalmente correto, do qual é possível fazer o tratamento, sanitização, esterilização e oxidação da água e do ar. Com essa solução in loco é possível trabalhar na descontaminação e desodorização de gases industriais. A Brasil Ozônio é a única no mundo a utilizar esse processo em escala industrial.

Por ser uma molécula formada por 3 átomos de oxigênio que se rompem e se recombinam a outras moléculas de forma independente, o ozônio é considerado o germicida mais poderoso do planeta e o segundo oxidante mais potente do mundo.

Serviço:

III Expocietec

Data: 27 e 28 de novembro de 2018

Horário: das 9h às 18h

Local: Investe SP – Av. Escola Politécnica, 82 – Jaguaré – São Paulo, SP

Inscrições: www.expocietec2018.com.br

Fonte: www.maxpress.com.br