Notícia

Jornal da Cidade (Bauru, SP) online

Tecnologia

Publicado em 02 novembro 2011

Focados na ampliação da competitividade brasileira, a Fiesp e o Ciesp querem encurtar a distância entre a indústria e os centros de desenvolvimento tecnológicos. Para isso, promoverão um evento que vai reunir setores empresariais e acadêmicos em um encontro de três dias na capital paulista. Ao lado do governo do Estado de São Paulo, as entidades industriais vão realizar, entre 7 e 9 de novembro, a 3ª Inovatec - Feira de Negócios em Inovação. O objetivo é gerar oportunidades e estimular parcerias entre setor produtivo e os centros de pesquisa e desenvolvimento. Foram convidadas instituições como USP, Unicamp, Unesp, IPT, ITAL, Paula Souza, UFSCAR, BNDES, FINEP, Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Ipen, Embrapa, Apta, Sebrae, Fapesp, ABDI e INPI.

Apesar de São Paulo apresentar números significativamente maiores, o investimento total em Pesquisa e Desenvolvimento no país não passa de 1,1% do PIB, valor equivalente à metade da observada nos países da OCDE.

Para Paulo Skaf, presidente da Fiesp e do Ciesp, transformar conhecimento em inovação é uma necessidade para a construção de uma sociedade mais próspera e um fator fundamental à geração de valor nas empresas. "É preciso inovar sempre e as instituições de ensino e pesquisa têm plenas condições de apoiar a indústria nesse sentido", afirma.