Notícia

DCI

Tecnologia nacional para tratar câncer de próstata

Publicado em 04 julho 2002

Uma nova tecnologia desenvolvida pelo Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (lpen) poderá baratear significativamente o tratamento de câncer de próstata: as sementes de iodo-125 utilizadas na braquiterapia. para uso na radioterapia. As sementes importadas equivalentes custam em média US$ 36 cada. "Poderemos comercializá-las por US$ 14'". diz Maria Elisa Rostelato, coordenadora do projeto e chefe do laboratório de produção de fontes para radioterapia do lpen. A instituirão solicitou R$ 1,2 milhão da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) para instalar um laboratório e começar a produção das sementes. "Se tudo correr bem, começaremos a comercializá-las em 2004", de acordo com a pesquisadora. O lpen, segundo ela. é a única instituição na América do Sul que tem condições para produzir essas sementes, por enquanto disponíveis apenas em alguns países, como Estados Unidos. Inglaterra e Canadá. Fabiana Pio Ver página A-11