Notícia

O Estado de S. Paulo

Tecnologia nacional para salvar prematuros

Publicado em 15 fevereiro 2005

Uma parceria entre o Instituto Butantã e a Universidade de São Paulo (USP) pode ajudar o País a reduzir os indicadores de mortalidade infantil. Em março, 34 maternidades públicas em 9 Estados iniciarão o ensaio clínico do primeiro surfactante fabricado no Brasil, financiado pelo Ministério da Saúde. A substância, que regula o funcionamento dos pulmões, existe em todo o ser humano, mas em quantidade insuficiente em recém-nascidos prematuros. Quando aplicado, o medicamento diminui em até 80% o risco de morte por Síndrome do [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.