Notícia

Estadão.com

Técnica nacional de reprogramação celular reduz ação de melanoma

Publicado em 01 fevereiro 2018

Por Fábio de Castro
SÃO PAULO - Cientistas do Instituto Butantã provaram que é possível reduzir a agressividade do melanoma - um dos tipos de tumor que se alastra com mais rapidez - com o uso de uma técnica de reprogramação celular que converte as células tumorais em células-tronco. Em experimentos com animais, os pesquisadores conseguiram reduzir a velocidade de crescimento do tumor e o nível de necrose, além de tornar as células tumorais menos heterogêneas - o que resultou em uma versão bem menos agressiva de melanoma. Segundo os autores do [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.