Notícia

Smc

Teatro Municipal recebe Duo Clarinete & Piano com Otto Pintiaski e Danilo Agostinho

Publicado em 08 agosto 2019

Com o Duo Clarinete & Piano - Otto Pintiaski e Danilo Agostinho. A entrada Gratuita.

O grupo nasceu da união de dois dos mais experientes músicos da cidade. Com o objetivo de interpretar, criar e reinventar, a música do conjunto abrange interpretações de compositores consagrados da música clássica e popular assim como composições próprias.

Os músicos:

Danilo Agostinho, clarinete e saxofone tenor. Natural de Marília, iniciou os estudos com Adão Alves. Aos 12 anos entrou para o

Conservatório de Tatuí-SP, onde estudou clarinete e foi integrante da Orquestra de Sopros Brasileira. Continuou seus estudos no bacharelado em música da NESP em São Paulo e depois na USP. Tendo participado do Beethoven Fest em Bonn-Ale em 2010, onde tocou em diversas salas de concerto pela Europa como o Muziekgebow em Amsterdã e a sala da Muncher Philharmoniker, com músicos como Zubin Mehta, Joshua Bell, Shlomo Mints dentre muitos outros. Foi primeiro clarinetista da Banda Sinfônica do Est. de SP em 2006, Orquestra Sinfônica do Est, de SP em 2007. Sinfônica Heliópolis 2007-2013. Orquestra de Câmara da USP 2013-2015.

Foi músico do projeto Som em Sintonia do SESC-SP em 2012-2013 que unia talentos da música clássica com nomes consagrados da MPB como: Luiz Melodia, Milton Nascimento, Beth Carvalho, Ivan Lins, dentre outros.

Participou de diversos cursos e festivais de música como o de inverno de Campos do Jordão, o de Poços de Caldas-MG e o de Itu- SP. Entre seus professores destacam-se Edmílson Nery, Sergio Burgani e Ovanir Buosi, ambos músicos da OSESP.

Vencedor do 1º Concurso de Jovens Solistas do Instituto Baccarelli, teve sua premiação tocando o desafiador Concerto para

Clarinete de Mozart na Sala São Paulo em 2011, sob a regência do renomado maestro Isaac Karabtevsky. Premiado no 1o Concurso

Jovens Clarinetistas Devon & Burgani 2012 e em duas edições do Prêmio Nabor Pires Instrumentista 2018-2019, foi um dos

idealizadores do Clube do Choro de Marília. Participa de grupos com músicos prestigiados de Marília como Jaci Furquim, Junior

Matos e Gabriel Soledade. É educador do Projeto Guri, Escola Waldorf Cora Coralina e professor convidado do Festival de música de Prados-MG, promovido pela FAPESP-USP.

Otto Pintiaski - Pianista, organista, compositor e regente, além de ser servidor público de carreira do Poder Judiciário Federal. Natural de Marília/SP, onde iniciou seus estudos de piano com Sílvia Lúcia Raineri, sendo posteriormente aluno Francisco de Paula Souza e Lídia Alimonda. Recebeu o prêmio de melhor leitura à primeira vista e o primeiro prêmio no “Concurso Estímulo” da Secretaria da Cultura do Estado de SP, tendo sido bolsista do Festival de Campos do Jordão com apenas 15 anos. Primeiro colocado no vestibular para a carreira de música da USP aos 17 anos, concluiu Bacharelado em Piano na classe de Gilberto Tinetti. No departamento de Música da ECA/USP foi aluno de Aylton Escobar, Mario Ficarelli, Gilberto Mendes, Gilmar Jardim, Willy Correa de Oliveira, Lorenzo Mammi, Eduardo Seincman e vários outros professores, tendo se destacado como camerista e solista enquanto ainda cursava a universidade.

Foi um dos vencedores do Concurso Jovens Solistas da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, tendo se apresentado no Memorial da América Latina sob a regência de Roberto Tibiriçá e com a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, solando o “Concerto para dois pianos” de Francis Poulenc em duo pianístico com Paulo Buchala.

Foi semi-finalista do Concurso Eldorado também com o duo pianístico.

Sob a orientação de Olivier Toni, trabalhou por cinco anos seguidos no Festival de Prados (MG), onde atuou como professor, solista, camerista, arranjador e regente da orquestra de câmara do festival,Trabalhou como pianista camerista e acompanhador nos Festivais de Música de Londrina e de Campo Grande.

Em duo pianístico apresentou-se na TV Cultura de São Paulo e na série de concertos “Piano Maior – Grandes Pianistas e a Música Brasileira” da Rádio Cultura AM.

Foi regente do Coral do Movimento Pró-Cultura de Garça/SP, onde também foi Diretor do Departamento Municipal de Cultura e responsável pela organização do Museu Municipal e do Projeto Memória Garcense.

Registrou em disco obras de sua autoria para cordas, orquestra sinfônica, conjuntos de câmara e piano solo, além de orquestrações de tangos de Astor Piazzolla para orquestra sinfônica e concertos para teclado de Bach, Haydn e Mozart.

Como compositor, possui dezenas de obras para formações instrumentais e vocais variadas, incluindo-se quarteto de cordas, orquestra sinfônica, orquestra de cordas, quinteto de sopros, quarteto e quinteto de metais, duos e trios, obras para coro misto, voz e piano, além de piano solo. Sua obra “The color of Winter” foi uma das finalistas em concurso organizada pela gravadora italiana Blue Spire Records no ano de 2017, e sua peça orquestral “Procissão das Almas” foi uma das finalistas no concurso “Opus I” Edição 2017, organizado pela Orquestra Filarmônica de Goiás. Seu trio para instrumentos de palheta foi estreado em 2018 pelo São Paulo Trio Ensemble em concertos pelo interior paulista e arranjos orquestrais de sua autoria foram interpretados pela Orquestra Sinfônica de Marília em dezembro de 2018.

Atualmente atua constantemente como compositor e pianista e participa como membro do conselho consultivo da Orquestra Sinfônica de Marília/SP.

Programa:

Francis Poulenc

Sonata para Clarinete e Piano Op.167 ‘13 min.

I. Allegro tristamente

II. Romanza

III. Allegro con fuoco

? Claude Debussy

Primeira Rapsódia para Clarinete e Piano ‘8 min.

? Camille Saint-Saens

Sonata para Clarinete e Piano Op.167 ‘12 min.

I. Allegretto

II. Allegro animato

III. Lento

IV. Molto allegro

? Egberto Gismonti

Palhaço ‘4 min,

? Keith Jarret

My song ‘4 min.

? Otto Pintiaski

Song 3 ‘4 min,

? Danilo Agostinho

Antes da meia-noite ‘4 min.

? Tom Jobim

Wave ‘4 min.

Corcovado ‘4 min.

Garota de Ipanema ‘4 min.

(Foto: )