Notícia

A Tribuna (Santos, SP) online

Supercomputador do Inpe ampliará capacidade de previsão do tempo

Publicado em 16 janeiro 2011

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) está realizando testes em um novo supercomputador com o objetivo de aprimorar a qualidade das previsões meteorológicas e o desenvolvimento de cenários climáticos futuros globais e regionais. O equipamento foi batizado de Tupã e é capaz de realizar 258 trilhões de cálculos por segundo.

De acordo com o Inpe, o computador amplia 50 vezes a capacidade do País na investigação climática, colocando o Brasil em destaque no cenário internacional na área. Ele foi adquirido por R$ 50 milhões com recursos do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e está entre os mais poderosos supercomputadores do mundo

Segundo o meteorologista do Inpe, José Felipe Faria, o supercomputador ampliará o nível de detalhamento das previsões para 5 quilômetros (km) na América do Sul e para 20 km em todo o mundo. Será possível prever ainda eventos extremos com boa confiabilidade, como chuvas intensas, secas, geadas, ondas de calor, entre outros.

As previsões ambientais e de qualidade do ar também serão beneficiadas, gerando prognósticos de maior resolução, de 15 quilômetros, com até seis dias de antecedência. "A aquisição do equipamento é um salto importante para melhorar a qualidade da previsão do tempo", disse Faria.

O coordenador técnico da Defesa Civil de Santos, Ernesto Tabuchi, considerou positiva a aquisição do equipamento. "Já era tempo. Será muito importante para aperfeiçoar a previsão meteorológica".