Notícia

Hospital A. C. Camargo

Sua Saúde e a Saúde do Outro

Publicado em 29 agosto 2009

A.C. Camargo promove de 21 a 30 de agosto, em parceria com a Pfizer, atividades que abordam os riscos do tabaco para a saúde de fumantes e não-fumantes. População poderá participar, com especialistas, do teste amargo (como atividade ilustrativa do polimorfismo genético); avaliar a capacidade pulmonar, vocal e dependência da nicotina. Com apoio da Fnac, Cepid-Fapesp, CNPq, Conjunto Nacional e Instituto Abril, ação terá concurso cultural com alunos de escolas de Pinheiros e exposição que explica o câncer de forma simplificada, por meio de ilustrações de células e órgãos do corpo humano

Doenças cardiovasculares, câncer, bronquite e outras doenças do sistema respiratório. A cada ano, o tabaco causa a morte de 5 milhões de pessoas em todo o mundo, diz pesquisa das universidades de Harvard (EUA) e Queensland (Austrália). No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, são mais de 200 mil mortes anuais, dos quais cerca de 10 mil não-fumantes, os chamados fumantes passivos.

Na Semana de Combate ao Fumo (24 a 30 de agosto), o Hospital A.C.Camargo em parceria com a Pfizer promove entre 21 e 30 de agosto A SUA SAÚDE E A SAÚDE DO OUTRO, com atividades de conscientização sobre os males do tabaco no Conjunto Nacional (Av. Paulista) e na Praça Victor Civita (Pinheiros). A campanha, que também conta com o apoio da Fnac, Cepid-Fapesp, CNPq, Conjunto Nacional e do Instituto Abril, inclui a realização gratuita de testes genéticos e de sensibilidade do sabor amargo (como atividade ilustrativa de polimorfismo genético), da capacidade pulmonar, qualidade vocal e nível de dependência da nicotina, além de uma exposição e um concurso cultural.

A proposta é chamar a atenção para as consequências do ato de fumar e orientar sobre como deixar o vício. O Hospital, pioneiro na atividade no país em 96, por exemplo, alcança 73% de sucesso entre os que querem deixar de fumar. Em média, 80% dos fumantes afirmam querer largar o cigarro. Mas poucos conseguem de fato. Para obter êxito na cessação do tabagismo, além da força de vontade, o fumante tem de superar ambas as dependências - física e psicológica. É muito importante recorrer a tratamento com orientação médica, pois sem esse apoio, apenas 3% a 5% dos fumantes conseguem parar. A porcentagem é muito baixa, dado o alto grau da dependência da nicotina.

O médico irá traçar um tratamento adequado e individual para cada paciente, estabelecendo metas e prazos reais para a cessação do cigarro. Atualmente, o tratamento farmacológico do tabagismo inclui terapias com ou sem a reposição da nicotina, entre elas, a nova geração de medicamentos como a vareniclina, desenvolvida especificamente para o tratamento da doença.

As atividades sob o tema A SUA SAÚDE E A SAÚDE DO OUTRO, sempre gratuitas, estarão voltadas também ao público jovem, que nas últimas décadas é o principal foco das estratégias de comunicação da indústria tabagista em busca novos consumidores - nada menos que 90% das pessoas se tornam fumantes antes dos 20 anos. "Os jovens ingressam no tabagismo por pressão social, para imitar atitude de amigos e pela necessidade de pertencer a grupos. E esta falsa sensação de segurança e de ser aceito, mais tarde vai significar uma saúde debilitada e até mesmo a morte", afirma a psiquiatra Célia Lídia da Costa, do GAT, o Grupo de Apoio ao Tabagista do A.C.Camargo.

PROGRAMAÇÃO

Na quinta, 27 de agosto, das 11h às 15h na Praça Victor Civita (Rua Sumidouro, 580, Pinheiros), o público poderá participar dos testes genéticos e de sensibilidade do sabor amargo (como atividade ilustrativa de polimorfismo genético); da avaliação com o uso do aparelho Peak Flow, que mede a função pulmonar (o fluxo de ar que há no pulmão, sob coordenação do pneumologista Jefferson Gross); da avaliação computadorizada da qualidade da voz (coordenação da fonoaudióloga Elisabete Carrara) e também do teste de Fagerström, criado há 35 anos pelo médico dinamarquês Karl Fagerström para medir o nível de dependência da nicotina e ajudar a definir a melhor estratégia para quem quer deixar o cigarro (coordenação do GAT).

Nos dias 28 e 29 de agosto (Dia Nacional de Combate ao Fumo), das 11 às 17 horas, na entrada principal do Conjunto Nacional (Avenida Paulista, 2.073), os testes continuam à disposição do público, sempre sob coordenação de pneumologistas, fonoaudiólogos, psicólogos, psiquiatras, biomédicos e biólogos da equipe multidisciplinar do A.C.Camargo.

EXPOSIÇÃO 

Como prévia do evento, abre nesta sexta-feira, 21, no Conjunto Nacional onde fica até o próximo domingo, 30, das 10h às 20h, a exposição Câncer: Conhecer para Prevenir, reunindo dezesseis painéis ilustrados que mostram o que é, como se desenvolve e como prevenir o câncer, abordando sintomas e fatores de risco para câncer de mama, colo do útero, próstata, pele, pulmão, intestino, entre outros. O objetivo é mostrar ao público que o melhor aliado contra o câncer é a prática de um estilo de vida saudável, que inclua boa alimentação, realização de exercícios físicos, comportamentos e hábitos saudáveis.

A exposição é uma realização do CEPID - Centro de Excelência em Pesquisa, Inovação e Difusão do A.C.Camargo, programa financiado pela Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) com a proposta de promover a aproximação entre a pesquisa e a sociedade. "Os médicos têm o privilégio de atuar ao lado do paciente e ambos falam a mesma linguagem, mas cabe também a nós cientistas compreender que é um compromisso social transmitir conhecimento científico de forma compreensível", ressalta Dirce Carraro, pesquisadora e coordenadora de Transferência de Tecnologia e Difusão do CEPID A.C.Camargo.

CONCURSO CULTURAL

Na Semana de Combate ao Fumo, alunos do Ensino Fundamental (5ª à 8ª séries) e do Ensino Médio de três colégios da região de Pinheiros, em São Paulo, serão estimulados a participar do concurso cultural que elegerá as dez melhores frases centradas no tema A Sua Saude e a Saúde do Outro. A ação busca estimular a reflexão sobre os riscos da iniciação no cigarro na adolescência e dos males causados aos fumantes ativos e passivos. Serão distribuídas cartilhas e cartazes com informações sobre o assunto.

As frases serão julgadas por uma comissão formada por sete profissionais, dentre eles pneumologistas do A.C.Camargo, professores das escolas e profissionais da Editora Abril, que levarão em conta os critérios criatividade, originalidade e correção gramatical. Os dez primeiros colocados receberão prêmios oferecidos pela Fnac. A premiação será no dia 30 de agosto, às 12h30, na Praça Victor Civita, após concerto do Quinteto de Metais da Osesp (http://www.newsletter.osesp.art.br//news/news.php?id=319&news=329).

Sobre o Hospital A.C.Camargo - O Hospital A.C.Camargo é uma instituição filantrópica e atua, desde sua criação por Antônio e Carmen Prudente em 1953, no atendimento especializado a pacientes com câncer. Realiza de forma integrada a prevenção, o diagnóstico e o tratamento ambulatorial e cirúrgico dos mais de 800 tipos de câncer identificados pela Medicina, divididos em 36 especialidades, sempre baseado na assistência multidisciplinar.

Mantido pela Fundação Antônio Prudente, em 2008 totalizou em torno de 850 mil atendimentos (internações, tratamento ambulatorial e diagnóstico por imagem). Seu corpo clínico é fechado e composto por uma equipe de 403 médicos especialistas, a maior parte com mestrado e doutorado. A interação desses profissionais em atividades multidisciplinares resulta em índices de cura de 65% em adultos e 80% em crianças, semelhantes aos observados nos melhores centros de oncologia internacionais.

Na área de ensino e pesquisa, o A.C.Camargo criou a 1ª residência oncológica do páis, em 1953, e é responsável pela formação de 1/3 dos oncologistas em atividade no Brasil. Sua pós-graduação, criada em 1996, é a melhor do país em Oncologia e uma das melhores em Medicina, com nota máxima segundo avaliação da CAPES / Ministério da Educação desde 2001. Tem a maior produção científica da área e centralizou, em 2000, o Genoma do Câncer no Brasil, financiado pela Fapesp e Instituto Ludwig, instituição de pesquisas em câncer que o A.C.Camargo abrigou por mais de 20 anos.

Em 2008, o Hospital foi apontado pela edição 500 Melhores Empresas da revista Dinheiro como o campeão geral da categoria Saúde, superando o feito do ano anterior, quando foi eleita a melhor em gestão financeira e governança corporativa no país. Pela segunda vez consecutiva está entre as 10 melhores empresas de serviços médicos do Brasil na Gestão de Pessoas, de acordo com o anuário Valor Carreira.

Mais informações: www.accamargo.org.br

Sobre a Pfizer - A Pfizer é a indústria farmacêutica que mais investe em pesquisa e desenvolvimento de novos medicamentos. O resultado desse trabalho são produtos que melhoram a saúde e a vida de milhões de pessoas em todo o mundo. Fundada em 1849 e presente em 150 países, a Pfizer comercializa medicamentos na área de Saúde Humana e Animal, como Lípitor, Champix, Sutent, Celsentri, Celebra e Viagra. No Brasil há 55 anos, a companhia também desenvolve iniciativas sociais voltadas para a Educação em Saúde.

MAIS INFORMAÇÔES À IMPRENSA:

Hospital A.C. Camargo

Comunique Assessoria de Comunicação; Moura Leite Netto - moura@comunique.srv.br; Fone 55 11 3812 2780 / Cel. 9733-5588 / 7892-3658

Pfizer

CDN Comunicação Corporativa; Eliana Aguiar; (11) 3643-2774; elianaaguiar@cdn.com.br