Notícia

Quimiweb

Startup apoiada pelo PIPE abre três vagas de treinamento técnico em ciência da informação e engenharia

Publicado em 02 setembro 2021

Agência FAPESP – Uma vaga de treinamento técnico nível três (TT-3) e duas de nível quatro (TT-4 e TT-4A) são oferecidas pelo projeto “Pesquisa e desenvolvimento de constelação de satélites para áreas remotas - agricultura de precisão por IoT”. As inscrições devem ser feitas até 7 de setembro de 2021.

O projeto é conduzido na Acosta Aerospace, empresa nascente do setor espacial que recebe apoio financeiro do Programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE) da FAPESP. O projeto é uma constelação de nanossatélites classe U para prover comunicações em áreas remotas, com ênfase na agricultura.

O bolsista de TT-3 será responsável por estudos analíticos e simulações, desenvolvimento, experimentação e ensaios, preparação dos cadernos de engenharia e normas técnicas, auxílio na documentação de engenharia, pesquisa bibliográfica e relatórios.

O candidato deve ter interesse pelo setor espacial, experiência com processos de engenharia de sistemas, ter desenvolvido algum protótipo, construído uma engenhoca ou ter feito o projeto conceitual de um aparato qualquer, conhecimento básico de sistemas espaciais e de satélite, noções de telecomunicações e familiaridade com eletrônica.

O trabalho do bolsista de TT-4 consistirá em implementar um sistema de gerenciamento, recuperação e exibição de informações contidas em um fluxo de informações e/ou uma série de documentos individuais. O candidato deve ser especialista em tecnologia de informação e ter capacidade de trabalhar de forma eficaz em um ambiente de equipe multidisciplinar dinâmico.

A terceira oportunidade se destina à elaboração de estudos de engenharia e arquitetura de hardware e software, incluindo codificação, no desenvolvimento de uma rede terrestre de comunicação de dados, telemetria para máquinas agrícolas, podendo incluir enlace por satélite.

Exige-se para a vaga de TT-4A experiência no projeto de sistemas eletrônicos embarcados e com software embarcado. São desejáveis: interesse pelo agronegócio e pelo setor espacial, experiência no desenvolvimento de sistema embarcado, conhecimento de linguagens de programação, conhecimentos de eletrônica e de telecomunicações, conhecimentos de estratégias de qualidade e desenvolvimento de software, experiência com sistemas de telemetria e experiência com eletrônica embarcada automobilística/máquinas agrícolas.

As inscrições podem ser feitas pelo e-mail do coordenador do projeto, Luis Acosta (luis@acosta-aerospace.com).

Mais informações sobre as vagas em: www.fapesp.br/oportunidades/4462www.fapesp.br/oportunidades/4463 e www.fapesp.br/oportunidades/4464.

A Bolsa de TT-3 tem valor de R$ 1.228,40 mensais. É direcionada a graduados do nível superior, sem reprovações no histórico escolar e sem vínculo empregatício. A dedicação deverá ser de 16 a 40 horas semanais às atividades de apoio ao projeto de pesquisa. O tempo de bolsa TT-3 será descontado no caso de o interessado vir a usufruir de bolsa de mestrado ou doutorado direto.

O bolsista selecionado de TT-4 receberá Bolsa FAPESP para treinamento técnico no valor de R$ 3.104,80 sem vínculo empregatício, por dois anos com dedicação de 40 horas semanais às atividades de apoio ao projeto de pesquisa. Aceita-se um período de dedicação semanal em home office.

A vaga em TT-4A tem valor de R$ 5.087,20 mensais. Essa bolsa FAPESP é voltada para especialistas em tecnologia da informação com pelo menos quatro anos de experiência após a graduação, que não tenham vínculo empregatício e possam se dedicar de 16 a 40 horas semanais às atividades de apoio ao projeto de pesquisa.

Mais informações sobre as bolsas de Treinamento Técnico da FAPESP: www.fapesp.br/bolsas/tt.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.

Fonte: Agência FAPESP