Notícia

O Globo online

Start-ups invadem o campo, de olho em maior produtividade

Publicado em 18 outubro 2018

Por João Sorima Neto
SÃO PAULO - Assim como as fintechs estão fazendo uma revolução tecnológica nos serviços financeiros, há uma leva de start-ups trazendo o mesmo movimento para o agronegócio. O número dessas empresas voltadas para melhorar a produtividade no campo mais que dobrou nos últimos dois anos, passando de 76 para 184. Além disso, elas estão atuando em áreas antes não exploradas como gestão de dados, piscicultura, culturas florestais e pecuária de leite. As conclusões são do segundo censo realizado pela Escola Superior de Agricultura [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.