Notícia

Diário de Votuporanga

SP terá ensino pela TV e internet

Publicado em 09 outubro 2008

A rede de ensino superior do Estado será consideravelmente ampliada no ano que vem, com o uso de novas tecnologias de informação, como a televisão e a internet. Uma parceria entre a Secretaria de Ensino Superior, USP, Unicamp, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), Fundação Padre Anchieta e Fundação para o Desenvolvimento Administrativo Paulista (Fundap) vai possibilitar a criação de 6,6 mil vagas de nível superior e 110 mil de pós-graduação, em todo o Estado de São Paulo.

No programa serão investidos R$ 152 milhões, sendo R$ 52 milhões da Secretaria da Educação e R$ 25 milhões por ano, nos próximos quatro anos do Ensino Superior. Essa ampliação do sistema de ensino é o objeto do decreto que institui o Programa de Expansão do Ensino Superior Paulista "Universidade Virtual do Estado e São Paulo", o Univesp, assinado pelo governador José Serra, nesta quinta-feira, 9, no Palácio dos Bandeirantes.

O programa criará, em 2009, cinco mil vagas no curso de graduação em pedagogia para professores em exercício, a ser desenvolvido pela Universidade Estadual Paulista (Unesp); 700 vagas na licenciatura em biologia e mais 900 vagas na licenciatura em ciências, ambas da USP, num total de 6,6 mil vagas.

Simultaneamente, serão desenvolvidos cursos de especialização para professores da rede estadual de ensino, da quinta série ao Ensino Médio. Com parceria da Secretaria da Educação, 110 mil docentes deverão ingressar em 16 cursos de pós-graduação (13 de disciplinas e três de gestão).

O Programa Univesp será desenvolvido por meio da TV e da internet, com o acompanhamento dos estudos e atividades pedagógicas tanto de forma presencial, em pólos de apoio instalados nas universidades e outras instituições participantes, como pelo telefone do sistema 0800 e pela internet. As aulas em laboratório e avaliações serão realizadas nos pólos, onde os alunos receberão apoio pedagógico, físico, administrativo e de serviços. Os programas-aula serão transmitidos pelo canal digital da TV Cultura, durante as 24 horas do dia. As atividades do programa serão implantadas em três diferentes módulos, a serem desenvolvidos a partir do primeiro semestre de 2009.