Notícia

WNews

SP inaugura universidade virtual em parceria com USP, Unicamp e Unesp

Publicado em 27 agosto 2009

O governador José Serra lançou os primeiros cursos a distância da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), programa gratuito do governo estadual que irá expandir o ensino superior público, aumentando e distribuindo o número de vagas oferecidas pelas três universidades públicas paulistas.

Os cursos da Universidade Virtual serão desenvolvidos em parceria com as três universidades estaduais de São Paulo (USP, Unicamp e Unesp) e com o Centro Paula Souza, responsável pelas Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) do Estado.

Destinado, principalmente, a professores da rede pública e privada de São Paulo, o curso de pedagogia promovido pela Unesp será o primeiro oferecido e terá inicialmente 1.350 vagas.

As inscrições para o processo seletivo acontecem ainda este ano e as aulas terão início no primeiro semestre de 2010. Ao longo dos próximos dois anos serão abertas cinco mil vagas.

Com 40% das atividades no modo presencial, em atividades realizadas nos cerca de 30 polos distribuídos pelo Estado, o curso terá três anos de duração e carga horária total de 3.390 horas.

Outros cursos

Além deste, a Unesp também oferecerá especialização em Filosofia: serão 750 vagas e o processo seletivo acontecerá ainda neste ano. "Com a Univesp e pela Univesp, as pessoas vão à universidade e a universidade vai até as pessoas", afirmou o secretário de Ensino Superior, Carlos Alberto Vogt, ao destacar a importância da ampliação do acesso ao ensino superior.

Os responsáveis pelo projeto acadêmico, conteúdo dos cursos, processo de seleção para o ingresso dos estudantes e avaliação do desempenho destes alunos serão a USP, a Unesp, a Unicamp e o Centro Paula Souza.

Caberá à Univesp garantir as condições materiais, financeiras e tecnológicas para a realização dos mesmos. A estrutura agrega ainda outras instituições, como a Fundação Padre Anchieta, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), a Fundação do Desenvolvimento Administrativo (Fundap) e a Imprensa Oficial.

Cruso público de TI

No segundo semestre de 2010, serão abertas 3.200 vagas na graduação semipresencial "Tecnologia em Processos Gerenciais". Realizado em parceria com o Centro Paula Souza, será o primeiro curso tecnológico público a distância no Estado.

O curso foi escolhido para atender a alta demanda de profissionais no mercado - estima-se que 70% dos gestores de pequenas e médias empresas do país não tenham formação superior.

Inicialmente, serão oferecidas 80 vagas em cada polo de ensino a distância. Mas o número deve chegar a 3.200 quando os 40 polos estiverem instalados nas 47 Fatecs do Estado. O curso terá duração mínima de 3 anos, com 70% a 80% das aulas a distância.

A Secretaria de Ensino Superior capacitou de julho a agosto aproximadamente 200 professores das Fatecs para o desenvolvimento de conteúdos para este curso e para uso de metodologias online em cursos presenciais. Esse conteúdo faz parte da documentação necessária ao credenciamento da instituição no Ministério da Educação (MEC) para a oferta de Ensino a Distância em nível superior.

O acordo também prevê a oferta de cursos extracurriculares de inglês e espanhol com duração de dois semestres aos alunos do Centro Paula Souza. Serão abertas 10 mil vagas (7.500 de inglês e 2.500 de espanhol) que devem atender, ainda neste semestre, estudantes da Região Metropolitana de São Paulo.