Notícia

Página Rural

SP: IB tem inscrição aberta para bolsa de Jovem Pesquisador na área de bioinformática aplicada, diz SAA

Publicado em 10 fevereiro 2021

O Instituto Biológico (IB-Apta), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, está com inscrições abertas para Bolsa de Jovem Pesquisador na área de bioinformática aplicada à pesquisa em sanidade animal, vegetal e ambiental. A bolsa será financiada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), vinculada ao Plano de Desenvolvimento Institucional de Pesquisa (Pdip), e terá duração de 24 meses. A inscrição pode ser feita aqui, até 26 de fevereiro.

O candidato selecionado receberá uma bolsa no valor de R$ 8.377,50 isenta de imposto de renda . De acordo com o edital, o candidato precisa ter doutorado defendido há dez anos ou menos em áreas correlatas à biologia molecular e bioinformática, além de experiência internacional e fluência na língua inglesa.

Para a inscrição, o candidato deve submeter eletronicamente os seguintes documentos: súmula curricular no modelo da Fapesp, com no máximo quatro páginas, conforme a recomendação do site três cartas de recomendação; e carta expondo como a sua experiência prévia de vida poderá contribuir para as pesquisas do IB e como pretende se aprimorar para lidar com os novos desafios (até duas páginas). Todos os documentos devem ser enviados para o e-mail ricardo.harakava@sp.gov.br, com o título “JP – Bioinformática – nome do candidato”.

Plano de Desenvolvimento Institucional de Pesquisa do IB
O IB tem como missão “Desenvolver e transferir conhecimento científico e tecnológico para o negócio agrícola nas áreas de sanidade animal e vegetal, suas relações com o meio ambiente, visando a melhoria da qualidade de vida da população”. Seu Plano de Desenvolvimento junto à Fapesp busca o aprimoramento da capacidade de pesquisa em três áreas estratégicas: genômica aplicada às sanidades animal, vegetal e ambiental, inovação tecnológica em sanidade animal e controle biológico.

A área de genômica deverá dar suporte para que as outras duas áreas possam obter avanços significativos do conhecimento. De acordo com a diretora geral do IB, Ana Eugênia de Carvalho Campo, o desenvolvimento de novas tecnologias de sequenciamento de DNA, denominadas coletivamente de sequenciamento de nova geração ou NGS (Next Generation Sequencing), vem revolucionando os estudos nas mais diversas áreas das ciências biológicas.

“A obtenção de genomas completos de bactérias e fungos, estudos de expressão gênica e descoberta de novos vírus por RNAseq, filogenômica, metagenômica, caracterização genética de organismos de interesse econômico, sejam eles patogênicos ou agentes controladores de pragas e doenças, são algumas das aplicações de NGS que poderão aprimorar as pesquisas e a prestação de serviços do Instituto Biológico nas áreas de sanidades animal, vegetal e ambiental”, afirma.

O Instituto de Pesquisa paulista adquiriu equipamentos de informática de alta capacidade para a realização de análises de bioinformática que darão suporte às pesquisas nas três áreas estratégicas do PDIP. Esses equipamentos estão instalados em uma Unidade Multiusuária de Bioinformática (UMB) que atenderá demandas interna e externa de pesquisa.

O Jovem Pesquisador do IB atuará justamente nessa área, demonstrando liderança em pesquisa e inserção internacional. “O JP encontrará no IB ambiente científico e condições favoráveis para atingir excelência e elevada produtividade, atuando tanto em pesquisa básica como aplicada, com possibilidade de geração de novas tecnologias para o agronegócio brasileiro. As diferentes áreas de pesquisa do IB propiciam ao JP atuar na interface entre academia e o setor produtivo, gerando conhecimento com grande potencial de impacto na sociedade”, afirma Ana Eugênia.