Notícia

DCI

SP faz convênios e cria incentivos fiscais para parques tecnológicos

Publicado em 17 dezembro 2008

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), assinou ontem o decreto que cria o Programa de Apoio aos Parques Tecnológicos (Pró-Parques), iniciativa que concede incentivos fiscais a empresas que se instalarem nestes centros de desenvolvimento de ciência, tecnologia e inovação (C, T & I).

 

A Secretaria de Desenvolvimento também firmou sete convênios com municípios do interior do estado para a construção de obras que viabilizem a criação dos parques.

Após o surgimento do Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec) em 2006, 12 municípios manifestaram interesse em abrigar tais centros. Campinas, Piracicaba, São Carlos, São José dos Campos, São José do Rio Preto e Sorocaba fizeram credenciamento no sistema e foram beneficiados por convênios firmados com o governo paulista, que totalizam um gasto total de R$ 16,3 milhões.

Em Campinas, o governo estabeleceu três convênios com a Unicamp no valor total de R$ 6,27 milhões. Piracicaba recebeu R$ 6,17 milhões para a construção de um prédio de 4.000 metros quadrados, que abrigará uma incubadora de empresas e laboratórios.

Alberto Goldman, vice-governador e secretário do Desenvolvimento, garantiu a "participação proativa" das três universidades estaduais - USP, Unesp e Unicamp - e de institutos de pesquisa, como a Fapesp.

O prefeito de Sorocaba, Vitor Lippi, destacou que o grande potencial dos parques tecnológicos é a integração entre universidade e indústria. "Essa sinergia amplia os investimentos na universidade, que forma uma mão-de-obra muito oportuna para as indústrias de base tecnológica. Isso cria um circulo virtuoso de desenvolvimento tecnológico e a pesquisa da universidade se transforma em riqueza na medida em que ela passa a ser fundamental também para o desenvolvimento da indústria".

Os seis parques tecnológicos beneficiados pelos convênios firmados ontem devem entrar em operação até 2010. A meta do Governo é que dez parques estejam operando até o fim da gestão Serra.

Capital

José Serra também assinou um protocolo de intenções com o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), para a criação de dois parques tecnológicos na capital. Um deles será implantado próximo à Cidade Universitária, no bairro do Jaguaré, zona oeste de São Paulo; a avenida Jacu Pêssego, na zona leste, abrigará o outro parque.

"Com esses incentivos concedidos pelo Governo do Estado, nós vamos ter a oportunidade de dar mais um salto de qualidade na nossa tecnologia e nos trabalhos desenvolvidos no campo científico e tecnológico do estado", afirmou o prefeito.