Notícia

Página Rural

SP: Centro de Bovinos de Corte do Instituto de Zootecnia instala sistema Growsafe

Publicado em 16 maio 2012

O Centro de Bovinos de Corte, em Sertãozinho (SP), unidade de pesquisa do Instituto de Zootecnia (IZ/Apta), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (SAA), já está trabalhando com o sistema GrowSafe, desenvolvido no Canadá. São alimentadores automáticos que registram, durante 24 horas todos os dados relacionados ao consumo de alimento e comportamento dos animais.

Para o registro das informações é necessário que os animais estejam equipados com brinco identificador auricular, permitindo assim que sua presença seja detectada pelo software, através de um transponder acoplado ao brinco do animal, transmitindo assim as informações de consumo em tempo real, via rede sem fio, para um computador instalado no escritório do pesquisador.

O aplicativo também elabora gráficos sobre os horários de frequência dos animais no cocho. Os dados gerados são enviados, via internet ao Growsafe System no Canadá, empresa fabricante e responsável pela auditoria. Este sistema é ainda pouco utilizado no Brasil, era apenas em propriedades privadas, e agora o Instituto de Zootecnia é a primeira instituição brasileira de pesquisa a instalar esse sistema.

Projeto Fapesp

O sistema Growsafe instalado no IZ foi adquirido com recursos da Fapesp por meio do Projeto Temático “Ferramentas genômicas no melhoramento genético de características de importância econômica direta em bovinos da raça Nelore” sob coordenação da Prof. Dra. Lúcia Galvão de Albuquerque da Unesp-Jaboticabal. Com esse equipamento espera-se aumentar o conhecimento de características de eficiência alimentar em bovinos Nelore com abordagem multidisciplinar (genética quantitativa e genômica, nutrição e comportamento animal).

Fonte: IZ