Notícia

Câmara Municipal de São Paulo

Soluções para conflitos urbanos e uso de tecnologia são temas do Diálogo Brasil-Alemanha

Publicado em 29 novembro 2016

A parte da tarde da quinta edição do Diálogo Brasil-Alemanha de Ciência, Pesquisa e Inovação, que tratou do tema “The City  of Tomorrow – Tackling Urban Challenges and Opportunities” discutiu nesta terça-feira (29/11) a necessidade do uso de tecnologia para o desenvolvimento das cidades e a necessidade de soluções para os problemas gerados com o crescimento desordenado de grandes centros urbanos.

O evento realizado pelo Centro Alemão de Ciência e Inovação (DWIH-SP), pela Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), a FGV Projetos, a Escola do Parlamento da Câmara Municipal de São Paulo e o Ministério Federal das Relações Externas da Alemanha contou com a participação de gestores urbanos e pesquisadores para debater questões relacionadas à urbanização e seus desafios.

A pesquisadora do CEAPG (Centro de Estudos em Administração Pública e Governo) da FGV/ EAESP Maria Alexandra Cunha sinalizou para a importância do uso da tecnologia para melhorar o desenvolvimento das cidades. “São Paulo utiliza bastante o recurso para mobilidade, bases de dados georeferenciadas e os dados abertos para a população. No entanto, pelo projeto que fizemos, percebemos que a sociedade quer mais tecnologia para a educação, saúde e segurança pública. Para isso é necessário que o Executivo, o Legislativo e as empresas privadas estejam envolvidos para o desenvolvimento das plataformas”, disse.

A tecnologia é uma das ferramentas que podem ser utilizadas para o desenvolvimento da cidade que vem acompanhado de uma série de problemas sociais e econômicos. A necessidade de soluções para esses problemas foram discutidos pelo professor de sociologia da Universidade de São Paulo Marcos César Alvarez. “As cidades contemporâneas são permeadas por conflitos e estamos fazendo um projeto focado em São Paulo”, argumentou.

Para as pesquisas com o tema “A gestão do conflito na produção da cidade contemporânea: a experiência paulista”, Alvarez contou que um dos principais desafios da sociedade é resolver os problemas da violência. “A nossa preocupação é a militarização que tem sido dada como resposta para uma infinidade de conflitos que vão desde o econômico até a disputa por território no município. O preço de uma cidade global tem sido a exclusão de alguns setores da sociedade”, disse.

DA REDACÃO