Notícia

Observatório da Imprensa

Sobre agências de notícias e comunicação internacional

Publicado em 03 maio 2011

Por Por Pedro Aguiar

Como as agências de notícias estão se adaptando à era digital? É possível imaginar contra-fluxos de informação no novo ambiente virtual? Como os canais de notícias 24 horas operam frente aos novos agentes da informação? Essas e outras questões serão debatidas em quatro encontros - nos dias 2, 3, 5 e 10 de maio -, em São Paulo e no Recife, conduzidos pelo professor britânico Oliver Boyd-Barrett, da Universidade de Bowling Green (EUA), um dos maiores especialistas em agências de notícias do mundo. O pesquisador vem ao Brasil a convite do Grupo de Pesquisa em Comunicação e Tecnologias Digitais (Comtec) da Universidade Metodista de São Paulo (Umesp), com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e do consulado americano em São Paulo e no Recife.

O estudioso britânico participa do seminário "A Cobertura Internacional Jornalística e seus Novos Desafios", no dia 10 de maio, no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Umesp, em São Bernardo do Campo, São Paulo. O evento recebeu apoio também do Globo Universidade, departamento institucional da Rede Globo.

O professor Oliver Boyd-Barrett falará sobre o estado da arte das agências de notícias na era digital, tema do livro News Agencies in the Turbulent Era of the Internet, editado por ele e publicado em 2010 pelo governo da Catalunha (Espanha). Na mesa de debates, também estarão presentes o ex-correspondente da TV Globo em Buenos Aires e Jerusalém, Alberto Gaspar, que discutirá os desafios do repórter diante das novas realidades tecnológicas e editoriais; a jornalista e doutoranda da Umesp Maria Cleidejane Esperidião, que abordará o papel das novas mídias no telejornalismo mundial, apresentando novos dados sobre as agências audiovisuais telejornalísticas (tema de sua pesquisa); e o jornalista Pedro Aguiar, mestre pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que comentará casos de agências que ousaram desafiar a hegemonia no fluxo de informações.

"Múltiplos agentes, novas audiências"

Aproveitando a passagem pelo Brasil do professor Boyd-Barrett, o Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Umesp realizou parcerias com outras instituições. No dia 2 de maio, o professor dará uma palestra no Departamento de Jornalismo da ECA/USP. O tema será Canais de notícias 24 horas e os contra-fluxos hegemônicos. O pesquisador apresentará os resultados de pesquisas comparativas sobre o conteúdo dos canais de notícias CNN em espanhol, Telesur (Venezuela) e NTN24 (Colômbia). Discutirá também o papel da rede Al-Jazira no contexto da globalização midiática.

Haverá também uma palestra na Fundação Cásper Líbero, no dia 3 de maio. Nela, Boyd-Barrett abordará o tema "Agências de Notícias e a Internet", discutindo particularmente os novos modelos de negócios que estão mexendo com a gênese das agências. A conferência será na Faculdade de Comunicação e é uma ação conjunta do Comtec (Umesp) e do Grupo de Pesquisa Tecnologia, Comunicação e Cultura de Rede (Teccred) do Programa de Pós-Graduação da Cásper Libero.

No Recife, no dia 5 de maio, o professor Oliver Boyd-Barrett profere a conferência "Cenários e tendências contemporâneas de fluxos de notícias: múltiplos agentes, novas audiências", com promoção do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Pernambuco (PPGCom-UFPE), em parceria com a Universidade Católica de Pernambuco e o consulado dos Estados Unidos no Recife. Todos os eventos têm tradução simultânea e são gratuitos. Cada universidade estabeleceu se há ou não necessidade de inscrição.

Sobre Oliver Boyd-Barrett

O professor Oliver Boyd-Barrett é sociólogo de formação, professor de Economia Política da Comunicação na Universidade de Bowling Green (Ohio, EUA). Seus projetos de pesquisa incluem globalização da comunicação, comunicação internacional, economia política da comunicação, terrorismo e imperialismo midiático. É autor e co-autor de mais 20 livros, com mais de 60 capítulos publicados. Em 1980, publicou o primeiro livro totalmente dedicado às maiores agências de notícias do mundo de então (Associated Press, Reuters, UPI, France Presse). Foi consultor da Unesco e coordenou o primeiro mestrado a distância em comunicação no Reino Unido. Assinou parcerias com autores como Jeremy Tunstall, Manuel Alvarado, Daya K. Thussu, John Merrill, Asa Briggs e Anabelle Sreberny. Este ano, finaliza dois novos livros: o primeiro discute as relações entre a CIA e Hollywood e o outro é uma extensa pesquisa sobre a agência de notícias russa Interfax. Website pessoal: http://personal.bgsu.edu/~oboydb/index2.html

Programação

1. ECA-USP

Canais de notícias 24 horas e contra-fluxos hegemônicos

(conferência)

Data: 2 de maio (segunda-feira)

Horário: 9h

Local: Auditório do Curso de Jornalismo da ECA/USP (São Paulo) - Av. Prof. Lúcio Martins Rodrigues, 443 - Cidade Universitária, São Paulo - SP

Público: Encontro aberto a estudantes de Comunicação

2. Faculdade Cásper Líbero

Agências de notícias e a internet

(conferência)

Data: 3 de maio (terça-feira)

Horário: 19h30

Local: Faculdade Cásper Líbero - Sala Aloysio Biondi - Avenida Paulista, 900, São

Paulo - SP

Público: Encontro aberto a estudantes e profissionais de comunicação

Inscrições: Enviar obrigatoriamente para as seguintes informações: nome completo, RG, telefone e universidade/empresa/organização que representa.

3. Universidade Federal de Pernambuco (PPGCOM/UFPE) em parceria com Universidade Católica de Pernambuco (Unicap)

Cenários e tendências contemporâneas de fluxos de notícias: múltiplos agentes, novas audiências (conferência)

Data: 5 de maio (quinta-feira)

Horário: 14h

Local: Auditório da Universidade Católica de Pernambuco - Unicap (Auditório G1,

do Bloco G). Rua do Príncipe, 526, Boa Vista, Recife - PE.

Inscrições: PPGCOM - UFPE , Unicap

4. Umesp

A cobertura internacional e seus novos desafios (seminário)

Participação: Alberto Gaspar (TV Globo), Maria Cleidejane Esperidião (Umesp) e Pedro Aguiar (PEIC-ECO/UFRJ)

Data: 10 de maio (terça-feira)

Horário: 9h às 13h

Local: Auditório do Edifício Capa, Campus Rudge Ramos, da Umesp - Rua Alfeu Tavares, 149 - Rudge Ramos, São Bernardo do Campo - SP.

Informações: Katia França