Notícia

Folha de S. Paulo

Só 11% dos músicos têm elo formal

Publicado em 11 junho 2006

Por Andressa Rovani, da reportagem local
Mercado trata profissionais como prestadores de serviço; carreira pede dedicação precoceMúsico também é um trabalhador. A constatação só parece óbvia à segunda vista, depois de dissipada a névoa de glamour que rodeia os eruditos e que dá a eles o aspecto de celebridade -o que poderia isentá-los, portanto, de problemas mundanos como carteira assinada e brigas com o chefe.Se há algo que difere os músicos de operários de outros andaimes é sua formação precoce. Enquanto outros estão a criar artimanhas para cabular aulas, os [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.