Notícia

Abras - Associação Brasileira de Supermercados

Sistema reconhece legumes e frutas

Publicado em 19 julho 2010

O uso de código de barra tornou a vida dos consumidores mais simples, principalmente nos supermercados. Porém, frutas, legumes e verduras, geralmente vendidos sem embalagem específica, não costumam ter esse tipo de identificação. Muitas vezes precisam ser reconhecidos na boca do caixa, gerando lentidão nas filas. O professor de ciência da computação Anderson de Rezende Rocha, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), desenvolveu uma solução para o problema: um sistema que identifica esses produtos por imagem. Basta uma câmera de vídeo acoplada ao caixa.

Rocha teve a ideia de criar o sistema ao enfrentar uma fila excessivamente demorada. Foi então que o pesquisador começou a pensar em uma forma de automatizar a identificação de frutas, legumes e verduras. Ele faz parte do Laboratório de Inferência para Dados Complexos da universidade, onde são estudados problemas relacionados aaprendizado de máquinas e análise de padrões, duas técnicas de inteligência artificial. Segundo o pesquisador, há sistemas similares fora do país. Um é o Veggie Vision, desenvolvido pela IBM. Porém, Rocha afirma que a solução criada na Unicamp é mais precisa. Nos testes , ela obteve 99% de acertos.

"Desenvolvemos algoritmos que levavam em conta várias características como cor, textura e forma. A inovação foi estabelecer um jeito novo de combinar tais propriedades", afirma. Aprendizado O pesquisador explica que o sistema é capaz de distinguir produtos diferentes, como uma laranja de uma banana. Mas ainda não é tão preciso ao classificar diferentes tipos de um mesmo item, como espécies distintas de maçã. Por isso, são apresentados os resultados mais prováveis, cabendo ao operador confirmar o adequado. O passo seguinte a ser feito é levar o sistema a aprender a reconhecer novos produtos diretamente no supermercado, durante a operação.

Atualmente, é preciso promover um treinamento antes de colocar o sistema em funcionamento. "No futuro, será possível optar ou não por salvar as imagens capturadas durante o uso para uma referência futura,melhorando assimo grau de aprendizagem", afirma Rocha. "Queremos que a cada confirmação o sistema se retroalimente." O identificador foi desenvolvido como parte do doutorado de Rocha, que recebeu bolsa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) para realizar o estudo. O trabalho contou com a colaboração dos pesquisadores Daniel Hauagge, Jacques Wainer e Siome Goldenstein, todos da Unicamp.

Patente

O sistema originou um depósito internacional de patente no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi). No momento, o pesquisador negocia a continuidade do projeto com uma multinacional americana. Como as conversas ainda estão em curso, Rocha não revela o nome da empresa interessada.

Algoritmo

Conceito central para a ciência da computação, algoritmo é um conjunto de passos que o computador deve executar para realizar determinada tarefa. Ele pode ser mais bem entendido se comparado a uma espécie de receita de bolo, pois determina o que o computador deve fazer, como e em que ordem até chegar ao final de determinado processo. Como geralmente existem vários algoritmos capazes de resolver um mesmo problema, cabe ao especialista desenvolver um que seja adequado ao objetivo visado.

Fonte: Brasil Econômico