Notícia

Refrescante

Sessão Solene de Encerramento da 54ª semana Luiz de Queiroz

Publicado em 10 outubro 2011

No último sábado, 8 de outubro, a Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (USP/ESALQ), Coordenadoria do Campus Luiz de Queiroz (CCLQ) e Associação dos Ex-alunos da ESALQ (ADEALQ) realizaram a Sessão Solene de Encerramento da 54ª Semana Luiz de Queiroz. A entrada dos esalqueanos que completaram 25, 50, 55, 60, 65, 70 e 75 anos de formatura, um dos pontos altos da cerimônia, foram as boas vindas dadas pelo reitor da Universidade de São Paulo (USP), João Grandino Rodas, pela vice-diretora da ESALQ, Marisa Aparecida Bismara Regitano d’Arce, representando o diretor da Escola, José Vicente Caixeta Filho, e pelo presidente da Adealq, Arnaldo Antonio Bortoletto, quando cada uma das turmas adentrava ao Salão Nobre. A Turma de 1936, completando 75 anos de formatura, foi representada por Fernando Penteado Cardoso, que atuou como orador de todas as turmas.

Além das autoridades citadas, compuseram a Mesa de Honra, Mônika Bergamaschi, Secretária de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo; Antonio Carlos de Mendes Thame; deputado federal; Roberto Rodrigues; membro do Conselho Consultivo da ADEALQ e professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV); Antonio Roque Dechen, vice-reitor administrativo da USP; Fernando Penteado Cardoso, presidente da Agrisus; e Luis Carlos Correa Carvalho, diretor da Canaplan.

O ato devocional foi feito por Ricardo Caiuby de Faria (ESALQ-1964) que destacou o previlégio de todos estarem reunidos nessa confraternização. “Este é o momento em que refletimos sobre nossa caminhada. Temos certeza de que quem veio comemorar os quinquênios tem uma história riquíssima a contar, quer seja ela de dificuldades, de sucesso, de satisfação que acabam se traduzindo em uma grande experiência”.

Em seguida, os presentes acompanharam as palavras do reitor da USP, João Grandino Rodas, que agradeceu a presença dos ex-alunos e lembrou que a ESALQ renova-se em sua tradição e busca continuamente modernizar-se. “As tradições que esta casa possui e que essa festa demonstra é a única na USP, com essa grandeza e participação. Nós assistimos na ESALQ a tradição, mas ao mesmo tempo verificamos uma modernidade incrível, hajam vistos os índices de internacionalização demonstrados aqui. Gostaria de parabenizar essa Escola por ser antiga e nova e por manter-se em constante renovação”.

Mesmo distante da ESALQ, em Trento, na Itália, o diretor da ESALQ, José Vicente Caixeta Filho, representando a USP durante Assembléia Geral da T.I.M.E. Association (Top Industrial Managers Europe), Gestores Industriais Top da Europa, deixou sua mensagem editada em vídeo. Nela, o diretor saudou os egressos e destacou a importância deles no evento. “Para a Escola, é um motivo de extremo orgulho tê-los de volta à casa que vos formou. Quis o destino que hoje eu estivesse em Trento, na Itália, mas eu não queria deixar de compartilhar a minha alegria por tê-los aqui na Semana Luiz de Queiroz. Queria muito fazer com que a ESALQ seja sempre a casa de vocês”.
Caixeta também destacou o papel dos ex-alunos nas atividades de pesquisa da Escola. “Um dos maiores desafios que a escola tem enfrentado é trazer segurança para o recém-formado na hora de tomar decisões profissionais. Para isso, no começo desse ano, foi instituída a tutoria para cada um dos ingressantes, exercida por um professor da casa ou por um técnico superior. O objetivo é que os egressos também possam participar desse esforço como tutores dos ingressantes”, explicou.

Concluindo, o diretor afirmou que, a figura da ‘gloriosa’ precisa ser mantida, pois esse é um desafio muito importante. “Tenho certeza de que me esforço para isso com determinação e humildade, principalmente pelo fato de eu não ter sido formado pela escola. Muitos sabem que eu sou engenheiro civil, formado na escola politécnica da USP, e isso me traz uma importância ainda maior para o trabalho grande, forte, exaustivo que temos colocado à disposição da comunidade desde o inicio de janeiro”.

Em seu discurso, a vice-diretora da ESALQ, Marisa Aparecida Bismara Regitano d’Arce, deu as boas vindas às autoridades e ex-alunos, lembrando ser essa sessão um reencontro de valor sentimental e simbólico, somente sentido pelos que freqüentaram esta casa de ensino. “Agradeço, sobremaneira, as presenças do reitor, professor João Grandino Rodas e da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, MôniKa Bergamaschi, que hoje emprestam seu prestígio a este evento. Este é um momento em que lembramos os profissionais de destaque e as instituições de atuação relevantes na área, tudo isso no ano em que a ESALQ completa 110 anos. Todos nos consideramos pertencer às melhores turmas, pois todos trazemos no sangue o amor por essa Escola e o nobre germoplasma da ESALQ, da linhagem que honra o berço onde foi forjado o caráter inovador, arrojado e forte de Luiz de Queiroz. Hoje nos encontramos nessa celebração carregada de alegria, uma verdadeira renovação de votos, o berço da nossa formação como pessoas melhores e profissionais preparados para o mercado de trabalho. Daqui saímos um dia para buscarmos outros portos, mas para cá sempre voltamos, para contar das nossas batalhas e conquistas, trazendo no olhar as narrativas que se juntam a tantas outras. Usufruamos dessa comemoração que nos faz reviver uma fase das mais importantes das nossas vidas.”


Seguindo a cerimônia, foram homenageados com uma placa pelos aniversários, a Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ), pelos 110 anos; Associação Brasileira de Criadores (ABC), pelos 85 anos; Departamento de Genética (LGN) da ESALQ, pelos 75 anos; Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), pelos 60 anos; Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), pelos 50 anos; Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA/USP), pelos 45 anos; Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz (FEALQ), pelos 35 anos; Centro de Biotecnologia Agrícola (CEBTEC), pelos 30 anos; Fundação AGRISUS, pelos 10 anos; e Pró-reitoria de Pós-graduação da USP – outorga dos 100 mil títulos de mestre e doutor.

Dessas fundações, associações, centros de ensino e pesquisa e de agências fomento homenageadas, três delas ainda receberam o Troféu Semeador, instituído pela ADEALQ, em 2009. O troféu, destinado a reconhecer e homenagear profissionais e entidades das áreas de Ciências Agrárias e do Agronegócio do Brasil e de outros países que contribuíram para o desenvolvimento desses setores, foi entregue à Pró-reitoria de Pós-graduação, à FAPESP e ao CNPq.

Assim como em anos anteriores, a Associação dos Engenheiros Agrônomos do Estado de São Paulo (Aeasp) homenageou o Engenheiro Agrônomo do Ano. Para a edição de 2011, será homenageado Luiz Carlos Corrêa Carvalho, engenheiro agrônomo formado pela ESALQ em 1973. Desde 2003, Luiz Carlos é diretor da CANAPLAN, empresa que presta consultoria para o setor sucroalcooleiro, e diretor de Relações com o Mercado das Usinas do Grupo Alto Alegre S/A. A partir de março de 2004, assumiu a coordenação da Sub-Comissão de Biocombustíveis da Câmara Brasil-Alemanha e, desde setembro de 2006, integra o Conselho Superior do Agronegócio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).