Notícia

Pindavale

SESC apresenta o espetáculo Café com Queijo, com LUME Teatro

Publicado em 20 abril 2009

No espetáculo, conversas e estórias, entremeadas por canções e versos, levam até o público, vozes e vidas resgatadas da clandestinidade pelos atores em suas andanças pelo interior do Brasil. Fala-se um pouco de tudo: de curas para males de saúde e do coração, das artes da conquista, de comida, festa, morte, trabalho.

Neste espetáculo delicado, tudo tem cheiro e sabor, e não apenas de café com queijo ralado - bebida típica oferecida aos atores quando visitaram Dona Angélica e Seu Justino, em sua casa no interior do Tocantins.

Criado em 1999, o espetáculo já se apresentou por diversas cidades do país e participou dos principais festivais nacionais de teatro.

Durante esse longo percurso as histórias do Brasil que inspiraram e fazem parte dessa obra viajaram por todos os cantos do país revelando aos mais diferentes públicos novas facetas desse mesmo Brasil.

Em 2008, o espetáculo comemorou dez anos de sua estréia. O Projeto CAFÉ COM QUEIJO - 10 ANOS DE HISTÓRIAS DO BRASIL PELO BRASIL marcou essa comemoração realizando no ano de 2008 apresentações do espetáculo e demonstrações sobre o processo de trabalho do LUME Teatro. Esse projeto foi contemplado pelo PAC - Programa de Ação Cultural do governo do estado de São Paulo, através do edital de circulação para teatro.

Sobre o LUME Teatro

O LUME Teatro, Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas Teatrais da Universidade Estadual de Campinas-UNICAMP é um centro de pesquisa teatral. Desde sua criação vem se dedicando a elaborar e codificar técnicas corpóreas e vocais de representação, redimensionando o teatro enquanto ofício, como uma arte do fazer, e o ator como um artesão que executa ações, entendendo técnica e criação como elementos inseparáveis. Buscar o “ser ator” através do princípio de se pesquisar o homem e suas relações, corpo e dimensão interior, via treinamento e representação.

As origens do Lume repousam na experiência de Luís Otávio Burnier (1956 – 1995), especialmente em seus oito anos de treinamentos e pesquisas na Europa, onde estudou três anos com Etienne Decroux, criador da Mímica Corporal moderna e trabalhou com Eugenio Barba, Philippe Gaulier, Jacques Lecoq, Ives Lebreton, Jerzy Grotowski e com mestres do teatro oriental (Noh, Kabuki e Kathakali). Em 1985, Burnier iniciou o núcleo juntamente com o ator Carlos Simioni e a musicista Denise Garcia; colaboração esta que se ampliou a partir de 1988, com a entrada do também ator Ricardo Puccetti e em 1994, com a chegada de novos atores: Renato Ferracini, Raquel Scotti Hirson, Ana Cristina Colla, Jesser de Souza Desde 1998, também compõe o grupo Naomi Silman.

Desde a sua fundação criou 23 espetáculos e mantém atualmente diversas obras em repertório. Estes espetáculos, juntamente com o conjunto de workshops e demonstrações técnicas do grupo, vêm sendo apresentados pelo Brasil e por mais de 20 países.

Além das pesquisas entre os membros do grupo, os intercâmbios com outros artistas são uma constante. Através deles cria-se a possibilidade de entrar em contato com outros modos de fazer e pensar a arte, com a imensa riqueza das diferenças e a compreensão mais clara e precisa do caminho que o grupo vem trilhando desde seu início. Ao longo dos anos, o LUME desenvolveu uma relação especial de trabalho com os mestres Iben Nagel Rasmussen (Odin Teatret, Dinamarca), Natsu Nakajima (Japão), Nani e Leris Colombaioni (Itália), Sue Morrison (Canadá), Tadashi Endo (Japão) e Kai Bredholt (Odin Teatret, Dinamarca).

Barão Geraldo, local da sede do LUME, tornou-se um importante pólo teatral no Brasil, onde diversos grupos e artistas se instalaram para se dedicar à pesquisa em busca de um fazer teatral que valorize o ator e de um teatro que reflita sua identidade e suas ansiedades estéticas e artísticas, tudo numa atmosfera de colaboração e troca.

 Além do espetáculo, o Lume realizará também demonstração do seu processo de trabalho e formação de ator no dia 25 de abril, sábado, às 15h, intitulada "Mímesis e a Poesia do Cotidiano", aberta a profissionais e estudantes de teatro, com retirada de convites com trinta minutos de antecedência.

 Os ingressos para o espetáculo estão à venda em toda rede SESCSP e custam entre R$ 3,00 e R$ 12,00, com recomendação etária a partir de 14 anos.

 Ficha Técnica

Café com Queijo

Criação, concepção e atuação: Ana Cristina Colla, Jesser Sebastião de Souza, Raquel Scotti Hirson e Renato Ferracini

Concepção da iluminação: Abel Saavedra

Concepção dos figurinos: Fernando Grecco

Apoio musical: Ivan Vilela e Kai Bredholt

Músicas gravadas: "Paisagens" e "Calma Roceira” de Ivan Vilela, "Deus Fez o Dia" de Seu Justino.

Aporte à Pesquisa: FAPESP

Produção: LUME Teatro

O SESC São José fica na Av. Adhemar de Barros, 999 – Jd. São Dimas. Mais informações pelo telefone 12.3904.2000.