Notícia

Mato Grosso online

Serra cobra investimentos em pesquisa para mecanização da cana

Publicado em 17 julho 2007

O governador paulista, José Serra, cobrou hoje investimentos em pesquisas para tornar a mecanização da cana-de-açúcar mais acessível às áreas agrícolas cuja inclinação do solo não permite a prática, principalmente entre os pequenos produtores. "Não queríamos deixar os produtores em terras inclinadas numa situação complicada. Por isso, é preciso ter pesquisa e desenvolvimento a esse pessoal", disse Serra, em Piracicaba (SP), durante a assinatura do convênio entre a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e a Dedini Indústrias de Base.

O convênio prevê investimento conjunto de R$ 100 milhões em cinco anos em pesquisas para o desenvolvimento da produção de etanol, principalmente a partir do bagaço e da palha da cana. Serra cobrou da Fapesp um convênio semelhante com as empresas produtoras de colheitadeiras de cana e citou a Case, cuja fábrica mundial também se localiza na cidade paulista.

O Estado de São Paulo prevê erradicar a queima da palha de cana-de-açúcar para a colheita da cultura até 2017. Hoje, cerca de 2,5 milhões de hectares dos 4,2 milhões de hectares de cana utilizam a prática. "É um absurdo, porque 10% do território paulista tem queima", concluiu o governador.